sexta-feira, 23 de agosto de 2013

RN TEM APENAS 4% DOS HOMICÍDIOS ELUCIDADOS


Apenas 4% dos casos de homicídios ocorridos no Rio Grande do Norte são solucionados pela polícia. A informação é da delegada Karla Viviane, da Delegacia de Homicídios (Dehom), que aponta a fata de estrutura e de condições de trabalho da Polícia Civil como fatores responsáveis para percentual tão pouco expressivo.
No momento em que o RN vive uma verdadeira crise com greves e ameaças de greve por parte de várias esferas da segurança pública, a delegada alerta que esse número pode ir à zero. “Com várias categorias em greve cada vez mais casos serão acumulados”, declarou.
Segundo Karla Viviane, a má gestão governamental tem gerado grandes entraves, como a falta de efetivo policial e falta de estrutura para o simples funcionamento das delegacias. Para ela, tal descaso reflete diretamente no processo de investigação e elucidação dos crimes de homicídios.
Outro ponto relevante nesse processo foi o recente deslocamento dos homens da Força Nacional, responsável, aqui no estado, por casos de homicídios que aguardam investigação. A força tarefa foi relocada para o estado de Goiás a pedido da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que julgou haver mais urgência na ação da equipe naquele estado.
PORTAL NO AR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.