sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Mesmo com 8 ônibus na cidade, estudantes universitários/as de CG estão perdendo aulas loja virtual gratuita

"Se continuar assim vamos botar Igor para morar em Assu", afirmou Toinho do Morcego  loja virtual gratuita

Nesta semana, mais uma vez, jovens campo-grandenses que estudam na UERN (de Assu e Caraúbas) perderam aulas, trabalhos e provas. Isto porque mesmo com 8 ônibus no município, a prefeitura inventou uma parceria com Janduís para reduzir custos. Então, uma leva os/as universitários/as para Caraúbas e a outra para Assu. A economia para a Prefeitura, na prática vira prejuízos para os/as estudantes devido aos problemas de gestão dos transportes.

O estranho mesmo é que enquanto procura reduzir despesas tirando dinheiro da formação profissional da nossa nova geração, o prefeito Bibi envia para a Câmara de Vereadores um projeto de Lei retirando dinheiro desse setor e da saúde para criar novos gastos, como o Bolsa Trabalho. Ou seja, preparar jovens para ter trabalho decente não tem dinheiro suficiente, mas abrir vaga para acomodação em subemprego é fácil de arrumar grana. 

Nesta semana, a classe universitária de CG começou a denunciar o problema nas mídias sociais. "E ainda diz que tem compromisso com a educação", postou uma jovem universitária que na última eleição votou na atual gestão. "É o ó", disse outra. "Não aguento mais", completou mais um. Segundo uma universitária a ação já surtiu efeito. De acordo com esta fonte, assim como está acontecendo em todo país, a gestão ouviu a voz da juventude e agora anuncia que vai acabar a parceria de economia financeira e prejuízo educacional que tem com Janduís.  

Os pais de universitários/as campo-grandenses estão descrentes com a solução e começam a comentar sobre mudanças dos filhos para residirem nas cidades vizinhas para não serem prejudicados por esta falta de prioridade para a educação. Um dos casos é Toinho do Morcego e Illone Alves que já estão quase decididos de enviarem Igor Stifler (estudante de Economia) para morar Assu. "Não posso deixar meu filho ser prejudicado por uma situação dessa que tem ônibus na cidade e os alunos perdem aula", disse Toinho. 

A verdade é que com 8 ônibus a população universitária de CG só fica a pé se for má vontade ou problema de gestão. Bem que podiam criar o Bolsa Ônibus.loja virtual gratuita

Fonte: JPT Campo Grande

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.