segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Governo corta salários dos diretores do SINTE-RN

Sem planejamento e sem rumo o Governo do Estado resolveu investir contra quem mais contribui com luta por melhoria nos serviços públicos: os sindicatos. Já cortou as pernas do SINAI-RN, do SINDAÚDE e agora faz do maior sindicato do estado a bola da vez. Uma entidade formada por 17 regionais e 87 núcleos municipais. Uma organização que incomoda principalmente quando o governo não responde as necessidades da sociedade.

Para a coordenadora geral Fátima Cardoso, em todas as áreas a situação é a mesma: crise. “Sem escrúpulo o governo ataca as entidades sindicais, tentando impedir que o trabalho desempenhado pelo SINTE/RN possa ser realizado, já que apenas três diretores serão cedidos para atuar no estado inteiro”, critica.

“O Governo tem uma grande motivação para impedir nossa atuação e essa atitude mostra o desejo do Governo Rosalba e da secretária Betânia Ramalho de fechar o SINTE/RN. Um golpe baixo e mesquinho”, repudia a sindicalista.
 

A direção do SINTE/RN tem recebido diversas manifestações de apoio – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, da Central Única dos Trabalhadores, Sindicato dos Petroleiros e Associação dos Docentes da Universidade do Estado do RN – diante dessa retaliação perversa do governo.

Fonte: Blog Pôla Pinto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.