sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Deputada Fátima Bezerra fala da crise do governo Rosalba

A deputada Fátima Bezerra (PT) ocupou a tribuna da Câmara essa semana para dar conhecimento ao Brasil do que acontece no RN. Para a deputada, o governo do Estado acabou antes do fim e essa constatação, segundo a deputada, está nas palavras do secretário de Planejamento, Obery Rodrigues, que na semana passada declarou: “o Estado perdeu a condição de financiar os serviços públicos fundamentais e nem consegue pagar seus credores”. Segundo a deputada, “quando uma declaração dessa magnitude sai da boca de quem deveria planejar e cuidar das finanças do estado e está desde o primeiro dia no governo Rosalba, fica a indagação: o que será da população até o final desse desastre?”.

Fátima Bezerra lembrou, durante o pronunciamento, a ida da Governadora à Assembleia Legislativa este ano. “Rosalba disse, no discurso, que era o momento de reconstruir e avançar. Quero dizer que o governo inclusive tem se especializado em gastar muito com propaganda enganosa, diga-se de passagem, porque, na verdade, o mundo cor-de-rosa que a governadora Rosalba, que o governo do Democratas tem pintado na televisão contrasta profundamente com a situação de angústia, com o descalabro que tomou conta o RN”, lamentou. 

A deputada acredita que a crise se agravou quando “a governadora num arroubo de arrogância e desrespeito acusou o Tribunal de Justiça e o Ministério Público de agirem como filhos sem mesada, por essas instituições questionaram os cortes nos seus orçamentos feitos unilateralmente pelo Poder Executivo”. Parlamentar entende que “a reação do Poder Judiciário e do Ministério Público pode ser a mesma do cidadão que passou os últimos dois anos e meio assistindo a propaganda enganosa do governo falar que as finanças estavam sendo saneadas”.

Parlamentar destacou a situação dos servidores. “É tão grave, tão grave que neste exato momento os servidores públicos estão ameaçados de não ter o salário de outubro pago em dia”.

Fátima Bezerra destacou a iniciativa do juiz da comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Jr, que decidiu bloquear todos os recursos do Estado destinados à propaganda institucional e transferi-los para a Saúde pública, bem como o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) que apresentou denúncia ao Ministério Público, na qual demonstra que o Executivo estadual vem descumprindo determinação constitucional que assegura o emprego de no mínimo 25% do orçamento estadual em educação. “São ações de quem está vigilante aos desmandos de quem deveria ter responsabilidade”, reforça a deputada.


“Esse Governo, que se elegeu debaixo de tantas expectativas e de tantas promessas, tem que apontar saídas para esse descontrole do ponto de vista político e administrativo que se instalou no RN. E quem está ‘pagando o pato’ é o povo, que não merece isso. Cabe a governadora, seus secretários, sua base política na Assembleia Legislativa e os seus aliados políticos apresentem uma solução para os problemas que se acumulam, pelo bem da população do nosso Rio Grande do Norte". Finalizou.
--
Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.