terça-feira, 13 de agosto de 2013

DELEGADOS PODEM ENGROSSAR GREVE

Mais uma categoria de servidores do Estado pode decretar greve a partir de hoje. Além dos servidores da Educação, Saúde e Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), os delegados da Polícia Civil podem anunciar a paralisação. Se a greve for decretada, os delegados unem-se aos agentes e escrivães da mesma instituição que estão com os braços cruzados há uma semana, por tempo indeterminado. A assembleia será às 9h, na sede da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Adepol/RN). De acordo com o titular da secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos (Searh), Alber da Nóbrega, o momento não é propício para greves. “A situação é crítica em todo país. Não temos condições para greves”.
Para marcar o sétimo dia de paralisação, o Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN) realizou uma passeata na tarde desta segunda-feira, 12. O protesto contou com a participação de servidores do Itep. Com camisetas e coletes pretos, os servidores saíram da sede do Sinpol/RN, na avenida Rio Branco, e caminharam até à praça Gentil Ferreira, no Alecrim.
No Itep, os serviços de emissão de documentos de identidade e laudos periciais estão suspensos. Enquanto durar a paralisação, somente o recolhimento de cadáveres estará ocorrendo de maneira normal. Os servidores cobram aprovação de projeto para criação do estatuto do órgão.
“O Governo não está disposto a conversar. Não há mais o que fazer”, disse Djair Oliveira, presidente do Sinpol/RN. As reivindicações são diversas: nomeação de concursados, mudança na carga horária, modernização da polícia, plano de cargos e implantação de carreira única. Essas e outras exigências foram discutidas com o titular da Searh, Alber da Nóbrega. De acordo com o secretário, os pontos que envolvem reajuste salarial não são passíveis de acordo. “Não temos condições. Não é um momento bom para nenhuma categoria fazer greve. E isso não apenas no RN, é em qualquer lugar do Brasil”, colocou.
Já a Adepol/RN teve um encontro com Alber da Nóbrega, na tarde de ontem. A presidente da Adepol/RN, Ana Claudia Gomes, explicou que um novo encontro ficou marcada para quarta-feira da próxima semana. “O ponto discutido hoje [ontem] foi a nomeação dos concursados. Amanhã [hoje] vamos avaliar”, disse.
TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.