sábado, 13 de julho de 2013

Policia Militar do RN de Luto

Os Policiais Militares do Rio grande do Norte estão de LUTO, faleceu na tarde desta sexta-feira, o nosso amigo Cabo Aurélio, vítima de acidente de moto. O Cabo Aurélio ingressou na polícia em 1997 e desde então servia ao BOPE, atualmente estava servindo a Força Nacional no Rio de Janeiro.

Externamos aqui o nosso sentimento...
"Ser policial é amar quem nunca se viu. É sorrir pra alguém que espera também um sorriso de volta. Ser policial é viver dedicado, pois o amor está cravado no interior do coração. Há de se saber, porém, que ele não é um ser do além, é um mero mortal. É ser humano comum, como outro qualquer, sujeito a enfermidades, gripes, resfriados. Que em meio aos problemas da profissão, dedica-se por outros. Não tem capa vermelha, como herói de televisão, que voando sai do chão com braço estendido. Não tem “S” no peito, apenas respeito pelo irmão que ajuda, que só quer viver, sobreviver. Não é homem de aço, não tem bola de cristal, é ser humano comum, como outro qualquer. Mas tem uma missão sublime, que do policial exige amor incondicional. Nasceu pra ser guardião, um grande campeão em zelar pelos outros. Nunca subiu ao pódio, não é ovacionado, muitas vezes mal interpretado por alguém que não entendeu a dura missão de ser policial. Um policial que vem e que não se abstém de sua missão. Assim era o Aurélio, nosso herói, que apesar de não ser super-herói, parecia que era. Ficará o amigo para sempre na memória, cercado de glória que em vida conquistou."

Fonte: Heronides

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.