quinta-feira, 12 de julho de 2012


Professor da UERN foi morto por R$ 90,00, dois celulares e um relógio

  
 
Por Sayonara Amorim, da Gazeta do Oeste
Tudo esclarecido. Os detalhes da morte do professor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) Carlos Magno Viana Fonseca, ocorrida na noite do dia 20 de novembro do ano passado no Sítio Lagoa de Dentro, zona rural de Doutor Severiano, foram divulgados na manhã de desta quinta-feira (12), na sede da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), em Mossoró. De acordo com o delegado regional de Pau dos Ferros Inácio Rodrigues, responsável pela investigação do caso, o professor foi morto por R$ 90,00, dois aparelhos de telefone celular e um relógio de pulso.
Inácio Rodrigues concedeu entrevista coletiva e na oportunidade apresentou à imprensa os dois autores do crime que já estão presos: Francisco Rafael Leite Mendes, 21 anos, natural da cidade de Encanto-RN, e Ivan Bueno de Souza Júnior, 18 anos, natural de Doutor Severiano-RN. O terceiro envolvido diretamente no latrocínio também já está preso e foi localizado pela polícia do Rio Grande do Norte com o auxílio da polícia de São Paulo, trata-se de Elias Tibúrcio Rodrigues, que está detido na cidade de Santa Bárbara do Oeste-SP.
Segundo Inácio Rodrigues, Elias será transferido para Mossoró na próxima segunda-feira. A escolta do preso será acompanhada pelo delegado titular da Divipoe de Mossoró, Oldilon Teodósio. Rafael e Júnior confessaram participação no crime, porém, ficaram jogando a responsabilidade sobre quem atirou no professor um para o outro. Mas, de acordo com Inácio Rodrigues o autor do disparo que atingiu o olho do professor Carlos Magno foi Rafael. A arma usada foi um revólver calibre 38, que já foi apreendido pela polícia.
                                                                    
                                             COMUNICADO


Comunicamos á todos  as pessoas interressados  em trabalhar com a psicultura( criação de peixes), que estará acontecendo no dias 13 e 14/07, uma formação sobre  o tema, com técnicos  especializados do SEBRAE. O evento  terá início a partir das 8 h desta sexta, no salão de eventos da Câmara Municipal de Rafael Fernandes.
Além de ser uma excelente fonte de renda para os criadores, é uma alternativa para a pesca comercial pois não causa grandes impactos ambientais. Em ambientes controlados como em lagos de psicultura, não há impacto algum sobre o meio ambiente.
 Participem !!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Polícia desvenda assassinato de professor universitário e prende dois autores do crime


 
O mistério em torno do assassinato do professor universitário Carlos Magno Viana Fonseca foi desvendado pela Polícia Civil de Pau dos Ferros. A investigação que durou mais de sete meses aponta três autores do crime, dos quais dois estão presos e um está foragido.
Os nomes dos autores confessos do assassinato serão divulgados em breve. O delegado regional Inácio Rodrigues informa que está tentando agendar uma coletiva de imprensa que será realizada em Mossoró, provavelmente ainda nesta semana, onde serão informados os nomes dos autores do crime e os motivos do bárbaro assassinato.
Entenda o caso: No dia 20 de novembro de 2011, o professor Carlos Magno Viana Fonseca, que lecionava na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Campus de Pau dos Ferros, desapareceu. No dia seguinte, manhã do dia 21 de novembro, o carro do professor foi encontrado com um corpo carbonizado dentro do porta-malas, na zona rural do Município de Doutor Severiano.
Veja matéria completa na edição impressa da Gazeta do Oeste, nesta quarta-feira (11).
Fonte:http://www.gazetadooeste.com.br/policia-policia-desvenda-assassinato-de-professor-universitario-e-prende-dois-autores-do-crime-2550