sábado, 27 de outubro de 2012

Estupradores de Isabela e Michelle da cidade Queimadas na Paraiba, foram condenados.

Reprodução 
Isabela e Michelle, que foram assassinadas
 
Os seis homens acusados de estupro coletivo na cidade de Queimadas, na Paraíba, foram condenados nesta quinta-feira, dia 26, pelos crimes de cárcere privado, formação de quadrilha e estupro. Eles devem cumprir pena de reclusão em regime fechado na Penitenciária de Segurança Máxima PB1, em João Pessoa.
Luciano dos Santos deve cumprir 44 anos, Fernando de França Silva Júnior e Jacó Sousa foram condenados a 30 anos. Já Luan Barbosa Cassimiro e José Jardel Sousa Araújo foram sentenciados a 27 anos e Diego Rêgo Domingues a 26. Considerado o mentor do crime, Eduardo dos Santos ainda será julgado em júri popular.
Segundo a juíza Flávia Baptista Rocha, as penas são diferentes porque foram individualizadas a cada um deles. “A participação é maior ou menor, mas em todos os atos participaram, segurando, amarrando e dando cobertura ou estuprando efetivamente uma quantidade de vítimas”, declarou.
O episódio ocorreu no dia 12 de fevereiro deste ano, quando cinco mulheres foram violentadas sexualmente durante uma festa de aniversário. Os irmãos Eduardo e Luciano teriam articulado o crime e, junto aos demais, simularam uma tentativa de assalto para violentar as vítimas. Isabela Pajuçara e Michelle Domingos acabaram sendo assassinadas.
Fonte: Jornal a tromba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.