sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Começa neste sábado(13) a segunda etapa de vacinação contra paralisia infantil

A partir de amanhã, dia 13 começa a segunda etapa de vacinação contra a paralisia infantil. Os pais devem levar os filhos menores de 5 anos ao posto de vacinação.

Na segunda etapa, a meta é imunizar mais de 14,1 milhões de crianças, o equivalente a 95% da população nessa faixa etária. Neste sábado, estarão funcionando 115 mil postos de vacinação em todo o país. A primeira etapa da campanha contra a poliomielite foi realizada em 18 de junho.

Além das duas gotinhas contra a pólio, crianças de 1 ano a 7 anos também serão vacinadas contra o sarampo no Distrito Federal e em 18 estados: Acre, Amazonas, Amapá, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe, Santa Catarina e Tocantins.

As vacinas não têm contra-indicação. A recomendação é não vacinar crianças imunodepressivas, que tenham câncer ou AIDS, ou as que tenham apresentado reação alérgica grave com a dose anterior. Se a criança estiver com febre ou infecção, deve-se consultar um médico antes de tomar a vacina.

Da redação com informações do site: Água Nova News

Câmara de Vereadores retorna os trabalhos Legislativos do segundo semestre de 2011


A Câmara municipal de vereadores retornou na tarde de hoje( 12), os trabalhos legislativos após o recesso do mês de julho. Estiveram presentes na sessão os vereadores: Arimáteia( presidente), Luís Carvalho, Dr. Airton, Lívia e Zuleide, e em pauta estavam requerimentos e um projeto de lei da vereadora Lívia Sonalle e a apreciação da LDO( Lei das Diretrizes Orçamentárias) para o exercício financeiro de 2012. Acompanhe os requerimentos e projetos apresentados acessando o blog vereadoralivia.blogspot.com

Educação: Ataque ao SINTE

* Simone Cabral

O sindicato dos professores, o SINTE, está sendo alvo de ataques, mais ou menos sutis, de parte da imprensa rosalbista. Primeiro, construíram a idéia de um sindicato marcado por disputas políticas exóticas. Referentes para tanto, sabemos todos, existem. Mas daí, como querem os acólitos da Rosa, a explicar a greve (ou a sua continuidade) pelas disputas políticas é simplesmente falsear a realidade. Agora, em um segundo movimento, apresentam o SINTE como uma mega-estrutura, algo como uma prefeitura municipal. Pelo não dito, a comparação com uma prefeitura é mais do que reveladora. Prefeitura, entendamos bem, é para domínio de um grupo inserido em uma das redes de poder da província. Fora disso, não há legitimidade é o que dizem nas entrelinhas. Onde é que se viu uma reles professora como Fátima Cardoso ter nas mãos o poder de uma prefeitura? Ela nunca namorou com uma celebridade, não tem uma cabine dupla e nem é filha de deputado, senador ou governador! Que coisa mais sem propósito! Essa gente, e seus novos aliados, alguns deles transitando serelepes pelos corredores da UFRN, desejam um SINTE diminuído, agastado. Esquecem que a tal mega-estrutura do SINTE, se é que existe, é fruto de um trabalho de décadas. De direções empenhadas em construir um patrimônio que é de toda uma categoria. E de uma categoria que a monitora, como deveríamos fazer todos nós em relação às nossas prefeituras. Por outro lado, desde a Secretaria de Educação ecoa um discurso que afirma o seguinte: tudo esteve errado até agora no órgão. Não existiriam dados organizados, muitos professores estariam deslocados de suas funções e ninguém saberia exatamente quantos mestres são necessários para que o Estado cumpra as suas funções. Tudo se passa como se o grupo que agora assumiu a SEC fosse uma espécie de Khmer Vermelho da educação potiguar. Eles seriam os refundadores da educação. Os iniciadores do "ano zero" do nosso ensino. É muita miragem. E uma certa desfarçatez política. Ora, Garibaldi e Agripino, dois apoiadores de primeira da Rosa, governaram o RN por dezesseis anos. Se tudo o que foi feito até agora está errado, a responsabilidade também recai sobre os ombros deles.
Mas, nos discursos da miragem, também deles sobram bordoadas para o SINTE. E para os professores. Curiosamente, intelectuais ditos críticos unem-se ao jornalismo rosalbista para desacreditar o SINTE. Seria trágico, não fosse cômico. E meio passadista, devo acrescentar. Claro, há um quê de chique nisso tudo. Uma coisa meio francesa, pois não? Sim, francesa. Afinal, não é de lá, da França, que vem a mensagem do papa dos moderninhos, o Maffesoli, o qual, em um livro recente, defendeu, com ardor de cristão novo, o Governo direitista do Sarkozy? O certo é que, na esquina do Atlântico, todo alinhamento ideológico é permetido. E os trópicos, décadas depois do grande livro de um certo Claude, continuam mais demodês que exóticos.

* Matéria reproduzida a pedido de Simone Cabral, a partir do texto de Edmilson Lopes.

Campus de Pau dos Ferros dá início ao Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica - PARFOR


Conferencista da aula de abertura do PARFOR no CAMEAM, Prof. Dr. Gilton Sampaio
Alunos que irão participar do Plano Nacional de Formação de Professores

Foi realizada no último dia 05 de agosto, no Campus Avançado “Profª. Maria Elisa de Albuquerque Maia” (CAMEAM), a aula inaugural dos Cursos de Graduação em História, Letras-Espanhol e Educação Física, dentro do Plano Nacional de Formação de Professores – PARFOR.

O PARFOR é um plano emergencial, que visa a assegurar a formação exigida na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB para todos os professores que atuam na rede pública de educação básica, oferecendo, gratuitamente, cursos superiores de qualidade. O plano é executado em regime de cooperação entre a CAPES, MEC, as secretarias de educação dos estados e municípios e as instituições públicas e comunitárias de ensino superior.

No Campus de Pau dos Ferros, o programa começou com os três cursos de graduação, que totalizaram a oferta de 97 vagas, dentre elas, 30 vagas para Letras Espanhol, 30 vagas para o Curso de História e 37 para Educação Física.

A luta pela implementação dos cursos começou no ano de 2010 quando foram feitas as propostas de cursos aprovadas pela UERN e pelo comitê estadual gestor do PARFOR no Estado do Rio Grande do Norte, confirmados posteriormente pela CAPES. No semestre de 2011.2, tiveram início o Curso de História, coordenado pela Professora Aryana Costa, do Departamento de História de Mossoró; o Curso de Letras Habilitação Espanhol, coordenado pelo professor Jailson José dos Santos, do Departamento de Letras e o Curso de Educação Física, coordenado pelo Professor Napoleão Diógenes, do Departamento de Educação Física do CAMEAM.

Esteve presente na solenidade de abertura dos cursos, em Pau dos Ferros, a Coordenadora do PARFOR na UERN, a Professora Maisa Clari de Mendonça, que enalteceu as ações dos sujeitos do CAMEAM que lutaram pela concretização da oferta do PARFOR para a região, através da UERN. Na oportunidade, a Professora Maisa Clari apresentou a previsão de oferta e anunciou que os professores de toda a região já poderiam fazer sua pré-inscrição na Plataforma Freire para os cursos de 2012.1.

Para o Professor Gilton Sampaio, conferencista da abertura dos trabalhos e grande articulador da oferta dos cursos do PARFOR no Campus, a Educação Básica da Região do Alto Oeste Potiguar e dos municípios de estados visinhos – Paraíba e Ceará têm muito a ganhar com a oferta de cursos de graduação presencial em Pau dos Ferros, visto que isso potencializa a qualificação de professores em serviço, o que também os leva a possibilidade de se envolver em projetos de pesquisas que podem ser aplicadas em suas salas de aula, além de poder participar de atividades de extensão, aproveitando as experiências do CAMEAM nesse aspecto.

Os cursos de Educação Física e História são ofertados como primeiras licenciaturas, enquanto o Curso de Letras-Espanhol é ofertado como segunda licenciatura.

Na oportunidade, o Professor Antonio de Lisboa Batista, que assumiu recentemente a Direção do Campus de Pau dos Ferros, afirmou na aula inaugural, a sua disposição em continuar com as ações do PARFOR e efetivar a implantação de novos cursos, dentro do Plano Nacional de Professores da Educação Básica (PARFOR).

As inscrições para os novos cursos que começaram em 03 de agosto de 2011 se estenderão até 10 de setembro e se constitui em oportunidade ímpar de melhorar os quadros da Educação na região, formando professores das redes estadual e municipal de ensino.

Para o Semestre 2012.1, os novos a serem oferecidos pelo PARFOR serão Ciências Biológicas – como primeira licenciatura, e também para os seguintes cursos como segunda licenciatura: Geografia, Química, Matemática e Letras Espanhol.

Fonte: Blog nossapaudosferros

quinta-feira, 11 de agosto de 2011



ANIVERSARIANTE DO DIA!!

Quem está apagando as velinhas hoje é a jovem Camilla. O blog deseja um feliz Aniversário, saúde e muito sucesso!.

Presidenta Dilma Rousseff anunciará terça-feira a construção de três novos IFRNs para o RN


Fátima participará da solenidade em que Dilma anunciará três novos IFRNs para o RN


Presidenta Dilma Rousseff anunciará terça-feira a construção de três novos IFRNs para o RN Foto: Divulgação Fátima participará da solenidade em que Dilma anunciará três novos IFRNs para o RN Na próxima terça-feira(16) a presidenta Dilma Rousseff vai anunciar a terceira etapa do Programa de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Na ocasião, Dilma confirmará a criação de novas unidades do IFRN no Rio Grande do Norte. Segundo a deputada federal Fátima Bezerra, serão confirmadas as unidades do IFRN dos municípios de Ceará-Mirim, Canguaretama e São Paulo do Potengi. Com essas novas três unidades do IFRN, o Rio Grande do Norte passará a contar com 18 Institutos Federais de Educação. Fátima Bezerra lembra que durante 100 anos o Rio Grande do Norte teve apenas duas escolas técnicas: uma em Natal e outra na cidade de Mossoró. “Após oito anos do governo do PT já são 15 unidades, com a construção de escolas na Zona Norte de Natal, no centro da capital, Currais Novos, Ipanguaçu, Apodi, Parnamirim, Pau dos Ferros, João Câmara, Macau, Caicó, Santa Cruz, Nova Cruz e São Gonçalo do Amarante. Com essa nova expansão, agora serão 18”, comemora a presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Luta antiga - Há mais de dois anos a deputada tem lutado junto ao Ministério da Educação para que fossem construídas IFRNs em Parelhas, São Paulo do Potengi, Alexandria, Jucurutu, Canguaretama, Lajes, Umarizal, Touros e Ceará-Mirim. Fátima aprovou requerimentos na Câmara dos Deputados e conversou inúmeras vezes com técnicos do MEC mostrando a viabilidade para a construção de unidades nesses municípios. “Agora, nós vamos lutar para que os outros seis municípios que tínhamos reivindicado possam ser contemplados em etapas seguintes, ainda dentro do primeiro governo Dilma”, frisa a parlamentar do PT. E acrescenta: “Há um estudo no MEC para que sejam implantados Campus menores, que ofereçam cursos direcionados para as demandas específicas da região. Vamos aproveitar essa característica e apresentar novos projetos que atendam os municípios não beneficiados neste momento”.
Fonte: Jornal a Tromba

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Água Nova amanhece com a presença do Bispo Dom Mariano




As 5:40 hs da manhã a comunidade já estava esperando o Bispo Diocesano Dom Mariano que foi recebido na entrada da cidade pelas comunidades pastorais que em seguida se dirigiram em caminhada até a igreja de São Francisco para acolhida e um café comunitário.
Fonte: Jornal a Tromba

ANIVERSARIANTES DO DIA!!

Aline Paiva
Amanda Nathalia


O nosso blog parabeniza as gatinhas Aline Paiva e Amanda Nathalia que estão de idade nova hoje. Parabéns!! muito sucesso e saúde!!

Rescisão do contrato de pelo menos 160 professores temporários preocupa corpo docente da Universidade


Cerca de 160 professores temporários da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) estão sendo comunicados da rescisão do contrato provisório de trabalho, confirmou ontem a Associação dos Docentes da Universidade do Rio Grande do Norte (Aduern). As demissões estão sendo procedidas pela Pró-Reitoria de Recursos Humanos da instituição.

"No final da tarde de hoje (ontem), fomos surpreendidos com a notícia de que a Pró-Reitoria está entrando em contato com os professores temporários para rescindir o contrato. Encaminhamos à assessoria jurídica e estamos aguardando o parecer para saber se o procedimento é legal", conta o presidente da Aduern, Flaubert Torquato.
O professor diz estranhar o fato, já que havia sido acordado que não haveria problema com os professores temporários que aderiram à greve, que completou 70 dias ontem. Apesar de cogitar retaliação e perseguição política, ele diz esperar o parecer jurídico e resultado de conversas hoje para se posicionar melhor.
"O reitor não está em Mossoró. Vamos procurar a Pró-Reitoria de Recursos Humanos da Universidade amanhã (hoje) para conversar sobre a situação", informa o presidente da Aduern, que considera inadmissível que haja d emissões de professores em retaliação à paralisação na Universidade por reajuste salarial.

MOBILIZAÇÃO
Segundo a Aduern, apesar de todos os esforços do sindicato, o Governo do Estado continua inflexível e se nega a achar uma solução para o impasse. Diante disso, no último encontro da categoria docente, ficou decidido que as mobilizações deveriam ser intensificadas.
Ontem à noite, o comando de greve realizou o "Ato Político-Literário", na abertura da Feira do Livro de Mossoró, na Estação das Artes. A concentração dos professores ocorreu na Praça do Teatro Municipal Dix-huit Rosado, de onde saíram para o protesto na Estação das Artes.
Amanhã, Dia do Estudante, a Aduern promove o evento "Uern em Debate", no pátio da Reitoria da Universidade, às 8h, quando haverá o lançamento de um manifesto e abaixo-assinado em defesa da Universidade.
Além disso, o evento contará com a presença de representantes de segmentosr eligiosos, artístico-culturais, sindicais, políticos e ex-reitores. "Todos os professores devem participar das mobilizações de forma a fortalecer o movimento paredista. Precisamos mostrar que os professores estão unidos", afirma Flaubert Torquato.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Seminário para debater o crack no RN será realizado na próxima semana

Será realizado no próximo dia 18 de agosto, a partir das 14h, no auditório Robinson Faria, na Assembleia Legislativa, o Seminário da Comissão de Combate às Drogas (CEDROGA) da Câmara Federal em Natal. O evento, que abordará o uso de drogas no Rio Grande do Norte, foi uma sugestão do deputado Fábio Faria (PMN/RN), relator da comissão e presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate ao Crack no Congresso Nacional. O presidente da CEDROGA, deputado Reginaldo Lopes (PT/MG) e o ex-atleta e deputado federal Romário (PSB/RJ), que participa do grupo, confirmaram presença.

Para Fábio Faria, a realização de debates aprofunda a discussão das questões que envolvem a repressão ao tráfico e a prevenção ao uso do crack, bem como o resgate de milhares de pessoas praticamente incapacitadas para a vida social devido ao vício provocado pelo entorpecente.

“Queremos reunir as autoridades pertinentes ao tema e a sociedade para discutirmos juntos políticas públicas eficazes no combate a esse mal que destrói milhares de famílias dia após dia. Essa rede de atenção só poderá se sustentar com o apoio e cooperação de todos. E é nesse debate que o trabalho começa”, afirma o deputado.

O Seminário abordará quatro eixos temáticos: Prevenção, Acolhimento e Tratamento, Ressocialização e Repressão ao Tráfico. Instituições governamentais – Estado e Município -, judiciário, legislativo e entidades que atuam no combate às drogas participarão do evento, que terá acesso livre para todos os interessados.

Paula Fernandes e outras 16 atrações animam a FINECAP em Pau dos Ferros.


A Cidade de Pau dos Ferros e região vive a expectativa de uma das maiores edições da Feira Intermunicipal de Educação, Cultura, Turismo e Negócios do Alto Oeste Potiguar – FINECAP.

Neste ano, 17 atrações vão reunir milhares de pessoas entre os dias 1º a 4 de setembro, na Praça de Eventos Nossa Senhora da Conceição, em Pau dos Ferros.

O ponto alto da festa será a apresentação da cantora Sertaneja, Paula Fernandes, no dia 4 de setembro. Além dela, grandes atrações como Aviões do Forró, Alcimar Monteiro, Saia Rodada, Dorgival Dantas e Cavaleiros do Forró estarão na FINECAP 2011.

A FINECAP terá a feira de negócios, com a presença já confirmada de dezenas de empresas e instituições do Rio Grande do Norte e de Estados vizinhos. Uma novidade dentro do evento, será a implantação da Feira do Agronegócio, com exposição de animais, máquinas e equipamentos agrícolas, além de competição de animais.

O Vitrine Cultural, evento realizado pela Secretaria de Educação de Pau dos Ferros, promove uma série apresentações culturais com grupos artísticos de Pau dos Ferros e região. O Festival Gastronômico será outro que acontecerá paralelamente a FINECAP.

Veja programação do evento:
Quinta-feira – 01/09
Genê e Banda
Forró da Pegação
Arreio de Prata
Aviões do Forró

Sexta-feira – 02/09
Veteranos do Forró
Alcimar Monteiro
Clã Brasil
Forró Salgado

Sábado - 03/09
Sedusamba
Saia Rodada
Pegada de Luxo
Dorgival Dantas
Bonde das Gatinhas

Domingo – 04/09
Forró me pega
Paula Fernandes
Anízio Junior
Cavaleiros do Forró

domingo, 7 de agosto de 2011

Apostador de MG leva prêmio da Mega Sena

Um apostador de Guanhães, em Minas Gerais, ganhou sozinho o prêmio de R$ 32.075.789,45 da Mega Sena. O sorteio foi realizado pela Caixa Econômica Federal na noite de ontem em Pouso Alegre, também em Minas.
A Quina irá pagar R$ 18.962,37 aos seus 153 acertadores. Já os 11.019 ganhadores da Quadra levam R$ 376,13 cada um.
Os números sorteados no concurso 1.307 da Mega Sena foram: 

10 - 47 - 54 - 07 - 43 - 32. 

O valor acumulado para o sorteio da próxima quarta-feira é de R$ 2 milhões.

Pesquisa diz que 48% dos brasileiros apoia Governo Dilma

São Paulo, 6 ago (EFE).- O Governo da presidente Dilma Rousseff conta com o apoio de 48% dos cidadãos brasileiros, de acordo com uma enquete elaborada entre os dias 2 e 5 de agosto pelo instituto Datafolha divulgada neste sábado.
De acordo com a pesquisa, 48% dos entrevistados qualificaram como bom ou ótimo o Governo de Dilma, dado similar ao obtido em junho, quando 49% dos entrevistados aprovaram o Executivo. Por outro lado, 39% consideram que a administração de Dilma merece a qualificação de regular, um ponto percentual a mais que na pesquisa anterior.
No entanto, para 11% dos brasileiros o Executivo está ruim ou péssimo, dado que também supera em um ponto a avaliação de junho.
A enquete, que tem uma margem de erro de 2 pontos percentuais, foi elaborada com as respostas de 5.254 brasileiros com mais de 16 anos de todo o país e a nota atribuída ao Executivo também permanece estável com 6,7 ao Governo, um décimo a menos que em junho.
Quanto à análise por regiões geográficas, o interior do Brasil avalia Dilma de forma positiva com 51% dos casos, mas essa porcentagem cai para 44% nas regiões metropolitanas.
A enquete parece demonstrar que as últimas demissões no Executivo devido a diversos escândalos de corrupção não tiveram impacto negativo no apoio popular da presidente brasileira. EFE