sábado, 4 de junho de 2011

Bombeiros foram 'vândalos e irresponsáveis', diz Cabral

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, chamou de "vândalos e irresponsáveis" os bombeiros que invadiram hoje o quartel central da corporação que, segundo ele, teriam agido por motivação política. Ele decidiu exonerar o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Pedro Machado, por causa da crise e colocar em seu lugar o coronel Sérgio Simões, que estava atualmente na Secretaria de Defesa Civil do município.
Muito exaltado, Cabral que se reuniu durante toda a manhã com secretários e representantes da polícia e dos bombeiros, disse que foi uma covardia dos amotinados levar mulheres e crianças para o quartel. Ele afirmou que não há motivo para a manifestação, uma vez que, ao contrário do que alegam os insurgentes, o salário dos bombeiros não é o pior do Brasil. "Mesmo que fosse, não justificaria a entrada no quartel de maneira irresponsável, intolerável e abominável".
Para o governador, o movimento esconde uma motivação política. "Eles jamais poderiam se deixar seduzir pelo discurso fácil, messiânico, fundamentalista, que mistura Bíblia e política", afirmou. "São políticos que já passaram quatro, oito anos no governo e não fizeram um quinto do que nós fizemos". Cabral afirmou que os 439 presos vão responder administrativa e criminalmente pela invasão.
Invasão
O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar invadiu hoje, por volta das 6 horas, o quartel geral dos bombeiros, no centro do Rio, para reprimir o protesto de mil bombeiros que ocupavam, desde a noite passada, a unidade. Com o uso de explosivos, os homens do Bope botaram abaixo o portão dos fundos do quartel e entraram detonando bombas de gás lacrimogêneo e granadas de efeito moral. Houve muito tumulto e rajadas de tiros.
Os bombeiros tomaram o quartel geral da corporação para reivindicar aumentos salariais e melhorias nas condições de trabalho. O grupo decidiu entrar em greve de fome depois que foi levado para o Batalhão Especial Prisional (BEP), em Benfica. De acordo com o governador Sérgio Cabral (PMDB), todos vão responder a processos criminais e administrativos. É possível que sejam demitidos da corporação.
Mulheres e crianças que acompanhavam a manifestação ficaram feridas depois da invasão do Bope. Pelo menos cinco meninos foram levados para o Hospital Souza Aguiar, vizinho ao quartel ocupado, atordoados com as bombas. Eles foram atendidos e liberados. Uma mulher identificada Cléa Borges Menegueli, de 27 anos, casada com um salva-vidas de Rio das Ostras, estava grávida e sofreu um aborto durante o confronto. Ela foi levada para o Hospital dos Bombeiros.
Apesar de haver bombeiros armados no local, os manifestantes não resistiram à ação da PM. Além do Bope, também participaram da operação o Batalhão de Choque, o Regimento de Cavalaria e a Companhia de Cães. Deputados estaduais e integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio (OAB-RJ) afirmaram que a ação da PM foi truculenta e exagerada.

P R O C U R A - S E

Procura-se uma Moto Honda/CG 125 TITAN, Ano: 1998, na Cor: VERVELHA, Placa: MXN-6682, Nome do proprietário: FRANCISCO OTAVIANO DE SOUZA.

Oferece uma recompensa a quem tiver informações sobre o paradeiro.

Qualquer Informação ligar para (84) 3351-3374 / 9904-9548

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Câmara aprova implantação do Piso Salarial dos Professores Pauferrenses

A Câmara Municipal de Pau dos Ferros votou o projeto de Lei que garante a implantação do novo piso salarial aos professores da rede municipal de ensino da principal cidade do Alto oeste Potiguar.

O projeto elaborado pelo executivo estava recheado de cláusulas equivocadas e com dúbia interpretação, motivo pelo qual foram apresentadas várias emendas a redação original.

Após as emendas, o Projeto de Lei foi aprovado a unanimidade!!!

Cerca de quatro horas após o seu início, a sessão foi encerrada sob aplausos dos professores que lotaram o auditório da casa legislativa.

Grevistas da Uern fixam agenda

A Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (ADUERN) elaborou várias atividades e ações para serem realizadas nos próximos dias. O objetivo é conscientizar a todos sobre a greve realizada pelos professores da UERN. Além da categoria docente, os servidores técnico-administrativos e os estudantes da instituição também deflagraram greve por tempo indeterminado.

O movimento paredista teve início na última terça-feira (31) após os três segmentos rejeitarem a proposta enviada pelo Governo do Estado. Foi apresentada reposição salarial de 23,98% e o descontingenciamento orçamentário da UERN, mas condicionado ao desempenho da arrecadação financeira e o respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal. Dessa forma, a proposta foi considerada evasiva pela ADUERN.

Confira a agenda para os próximos dias:

02/06 (Quinta-feira)

19h – Participação no Seminário Reforma Política e Cidadania, promovido pela Faculdade de Direito da UERN, no Hotel VillaOeste


03/06 (Sexta-feira
)
06h45 – Visita ao Campus Central da UERN
8h – Reunião da Comissão de Mobilização/Divulgação, na ADUERN Mossoró
16h – Participação no lançamento da Campanha “Educação não é fast-food: diga não para a graduação à distância em Serviço Social”, ao lado da Igreja Catedral

04/06 (Sábado)
08h – Participação na Assembleia do Sinte/RN, na Praça Felipe Guerra
06/06 (Segunda-feira)
9h – Debate sobre o Plano Nacional de Educação (PNE 2011-2020), na ADUERN

07/06 (Terça-feira)

9h – Assembleia Geral Extraordinária, na ADUERN

08/06 (Quarta-feira)

8h – Caminhada da Igreja do Alto de São Manoel para a Câmara Municipal de Mossoró
10h – Audiência Pública sobre Autonomia Financeira da UERN, na Câmara Municipal de Mossoró

Morto por ser honesto

Delegado acredita que agente de trânsito teria sido assassinado por ser contra corrupção e irregularidades
Paulo de Sousa // jpaulosousa.rn@dabr.com.br

Era honesto demais. Esse foi, possivelmente, o veredicto dado ao agente de trânsito de Parnamirim Kleidnes Varela do Nascimento, 43 anos, por seus algozes, que o executaram a tiros na última sexta-feira. A tese é do delegado Roberto Andrade, da Delegacia de Homicídios (Dehom). Segundo ele, a polícia trabalha com três hipóteses para a motivação do crime: a denúncia feita pela vítima sobre um esquema de corrupção no Detran do Estado no ano de 2001; rixas internas dentro do setor que trabalhava, por não aceitar desvios de conduta dos demais colegas de serviço; e uma multa que ele aplicara, momentos antes do assassinato, a um condutor que o teria ameaçado por causa disso.

Kleidnes Varela foi assassinado na avenida Abel Cabral, no bairro de Nova Parnamirim, por volta das 17h. Segundo a polícia, três homens estavam em um veículo Celta prata e o condutor parou próximo a um supermercado, iniciando a discussão com o agente de trânsito em trabalho. Após discutir, o suspeitosacou um revólver e efetuou três disparos contra a vítima, fugindo em seguida.


Profissional atuava em Parnamirim
e discutiu com motorista no dia do
crime. Foto: Fábio Cortez/DN/D.
A Press.
 O delegado afirma que as três linhas de investigação levantadas até agora são fortes. "Por enquanto não posso descartar nenhuma delas". Segundo Roberto Andrade, Kleidnes Varela era conhecido por sua honestidade e pela intolerância com aquilo que considerava errado, o que pode ter gerado alguma antipatia por parte de pessoas quem estava ao seu redor.

Por causa dessa postura, o agente de trânsito denunciou um esquema de corrupção dentro do Detran/RN no início da década passada. "Ainda não estou por dentro do que foi essa denúncia. Mas a esposa dele, logo após o assassinato, nos revelou que o agente teria recebido várias ligações anônimas ultimamente, fazendo ameaças por causa disso", afirma o delegado. Roberto Andrade diz ainda que havia uma rixa interna dentro do setor de trânsito de Parnamirim, no qual trabalhava Kleidnes Varela, pelo fato dele fazer críticas e denunciar desvios de conduta de colegas. "Ele era bastante hostilizadopor isso".

Ainda de acordo com o responsável pelas investigações do crime, na tarde em que ocorreu o assassinato, por volta das 15h, Kleidnes Varela aplicou uma multa a um condutor ainda não identificado, que não se agradou disso e o ameaçou. "Ele teria dito que o agente não sabia com quem estava falando e que aquilo não ficaria assim". Tal declaração teria sido testemunhada por um colega de trabalho do agente, que a relatou à polícia logo após a execução.

Para o delegado, a principal dificuldade das investigações está sendo a greve da Polícia Civil. "Estamos deixando de fazer algumas diligências por causa disso". Ele pede que a população ajude, caso saiba de algo, ligando para o disque denúncia: 0800 84-2999.

Fonte: Diário de Natal

terça-feira, 31 de maio de 2011

Após Assembleia professores da UERN deliberam greve por tempo indeterminado

Os professores da UERN se reuniram hoje (31), em assembleia, na sede da ADUERN, e deliberaram greve por tempo indeterminado. O movimento paredista tem validade a partir de hoje.

Na assembleia, o professor Flaubert Torquato, presidente da ADUERN informou à categoria o resultado da audiência realizada com representantes do Governo do Estado, ADUERN, Reitoria, Sintauern e DCE. Na ocasião, o secretário de Estado da Administração e dos Recursos Humanos, Anselmo Carvalho, e Betânia Ramalho, secretária de Estado da Educação e da Cultura, expuseram a situação financeira do governo e não apresentaram uma proposta concreta às categorias.

No entanto, no momento em que estava sendo realizada a assembleia, o Governo do Estado formalizou uma proposta. Segundo o ofício enviado pelo secretário da Administração, foi apresentada reposição salarial de 23,98%, descontingenciamento orçamentário, mas tudo com uma série de restrições, inclusive condicionando ao desempenho da arrecadação financeira e o respeito à lei de responsabilidade fiscal. A categoria não acatou a proposta e deliberou a greve.

Segundo o presidente da ADUERN, os docentes interpretaram a proposta evasiva, não contemplando a pauta de reivindicação. “Por esse motivo a categoria optou pela greve. Agora vamos continuar em negociação com o Governo do Estado”, explica. Os professores se reúnem amanhã, 01 de junho, para definir a programação das mobilizações. Hoje, os técnicos-administrativos da UERN também optaram pela greve.

 Da Assessoria de Comunicação da ADUERN

segunda-feira, 30 de maio de 2011

ANIVERSARIANTES DA SEMANA!


"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: Quero é uma verdade inventada".
Clarice Lispector


Todos que fazem este blog parabenizam e homenageiam a jovem Meirinha, estudante de Serviço Social que aniversariou no último dia 29. Ela que também é colaboradora deste blog. Parabéns e muito sucesso!!

domingo, 29 de maio de 2011

P A R A B É N S ! ! !

F E L I Z  A N I V E R S Á R I O  M I N H A  Q U E R I D A  A N A  J Ú L I A

Ana Júlia

Ana Júlia e Lucicleide (Mãe)




Todos que fazem parte do Blog Nossa Rafael Fernandes, deixam um forte abraço a nossa amiguinha Ana Júlia, leitora assídua do Blog.