sábado, 28 de maio de 2011

Pesquisa aponta que maioria reprova governo Rosalba Ciarlini

Pesquisa realizada pelo Instituto Consult e divulgada com exclusividade pelo portal Nominuto.com, revelou que 44,15% dos potiguares reprovam os cinco primeiros meses da administração da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

De acordo com o levantamento, a aprovação da democrata é de 31,42%.
A pesquisa ouviu 1674 pessoas, entre os dias 24 e 26 de maio, em dez regiões do Rio Grande do Norte.

O levantamento teve como objetivo avaliar, junto à população adulta do Estado, medir a satisfação dos potiguares com o início da gestão. A margem de erro é de 2,2% e o índice de confiabilidade é de 95%.

O levantamento quis saber ainda se o governo estava correspondendo ou não às expectativas da população.

Para 45,88% dos entrevistados, a administração está aquém do esperado.

Apenas 8,12% se disseram satisfeitos com o governo.

Já para 27,9%, o desempenho da gestão do DEM tem sido regular.

Outros 18,1% disseram que não tinham opinião formada.

Governo mantém negociações e afirma: não vai enganar servidores

Na reunião que aconteceu na manhã desta sexta-feira, 27, a notícia do incremento de R$ 80 milhões na arrecadação do estado gerou expectativas quanto à saída do Rio Grande do Norte do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal e com isso seria possível a implementação dos planos dos servidores estaduais.

O aumento de arrecadação foi possível graças à atual política do governo do Estado de combate ao liberalismo e privilégios fiscais que eram praticados sem uma preocupação maior com o impacto nas finanças, segundo explicou o secretário chefe do gabinete civil, Paulo de Tarso.

“Esse governo não vai enganar os servidores”, disse Anselmo Carvalho, secretário de Estado da Administração. Mesmo com a superação da meta de arrecadação do Estado, que era de 232 milhões de reais, Anselmo Carvalho foi taxativo. “Só apresentaremos propostas que tenham firmeza para serem cumpridas de maneira responsável”, explicou o secretário.

O governo continua acreditando na compreensão das categorias em esperar pelas projeções econômicas. “Temos que nos certificar que esse superávit não seja uma bolha, um fenômeno que aconteceu e não se sustentará. Quando comprovarmos que o aumento da arrecadação configura um real crescimento econômico aí poderemos arcar com pagamentos de planos e, principalmente, a manutenção dessas melhorias salariais”, disse Paulo de Tarso. “Prometer de maneira irresponsável apenas para agradar categorias só gera uma frustração futura, queremos assegurar que os direitos dos servidores serão mantidos”, explicou Paulo de Tarso.

Ainda na apresentação dos fatos da real situação financeira do Rio Grande do Norte, ambos os secretários apresentaram simpatia pelas reivindicações feitas pela presidente do sindicato dos trabalhadores em educação, Fátima Cardoso e os representantes da categoria. “Vocês não estão buscando favores, mas sim direitos, que nós queremos atender, mas, por enquanto, estamos trabalhando para resolver os impedimentos jurídicos desta questão. É necessário diálogo e calma, não é uma questão de apenas querer”, disse Paulo de Tarso.

Anselmo de Carvalho destacou que era de conhecimento dos servidores que a implementação dos planos não seria possível num futuro imediato, como foi colocado em audiência desta quarta-feira, 25, pelo representante do Sindicato dos servidores da administração indireta (Sinai), mas frisou que uma vez superadas as dificuldades os pleitos serão atendidos, inclusive as mudanças de nível e também os aposentados serão contemplados.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Fátima diz em plenário que a Governadora Rosalba é Autoritária




A deputada federal Fátima Bezerra fez pronunciamento nesta quarta-feira(25) no plenário da Câmara dos Deputados abordando a onda de greves que atinge várias categorias de servidores do Estado.

Fátima destacou a inflexibilidade do Governo do Estado em cumprir acordos celebrados com sindicatos nos últimos anos. Outro ponto destacado pela parlamentar foi a situação de instabilidade no Estado com a paralisação de serviços públicos essenciais, como a Educação e a Segurança.

A deputada afirmou que os diversos movimentos têm uma mesma motivação: o descumprimento de acordos celebrados entre os sindicatos dos servidores públicos e o Governo Estadual. “Custou caro para os trabalhadores obterem esses avanços, que estão hoje assegurados em lei e que a governadora Rosalba Ciarlini resolveu simplesmente desconsiderar”, afirmou Fátima.

E acrescentou: “São conquistas históricas que não podem virar pó. Não foi para isso que a população elegeu a atual governadora. Alias, não eram essas as promessas de campanha e os servidores cobram coerência entre o que foi prometido e o que efetivamente vem sendo praticado pelo Governo”.

Fátima disse ainda que até o momento o Governo não apresentou alternativas que possam resultar em negociações aceitáveis para os trabalhadores, que querem voltar ao trabalho, mas não podem aceitar que os avanços conquistados se transformem num retrocesso.

Na opinião da parlamentar do PT, o que se viu até o momento foi uma postura de ameaças aos servidores, de negativas para a negociação, de ausência de propostas concretas e a responsabilização do Governo anterior.

“Não há jeito pior para se começar uma gestão que gerou tanta expectativa junto à população potiguar”, enfatizou Fátima Bezerra. Com informações do Blog do Oliveira.

terça-feira, 24 de maio de 2011

A T E N Ç Ã O !!!

B I N G O   B E N E F I C I E N T E





Comunidade de Gangorra promoverá neste sábado, 28 de Maio, às 16h,  um Bingo Beneficiente em prol da construção da capela de Nossa Senhora das Graças. O evento ocorrerá no CAMPO DE FUTEBOL da comunidade, e dará aos contemplados a seguinte premiação:


1º PRÊMIO – UM CARNEIRO;
2º PRÊMIO – UM VENTILADOR - UM LIQUIDIFICADOR;
3º PRÊMIO – UMA PANELA DE PRESSÃO - UM FERRO ELÉTRICO;
4º PRÊMIO – UMA TV DE 14 POLEGADAS;
5º PRÊMIO – UM GARROTE;
O preço da cartela: R$ 5,00 (Cinco reais)

PARTICIPEM !!

Sindicato discute com Prefeito de Rafael Fernandes a efetivação do PCCS e pagamento do Piso dos professores

Da esquerda para direita: assessor jurídico da prefeitura,prefeito Nicodemo Junior e professores
Vereadora Lívia, Secretário de assuntos sindicais, Gevildo e a presidente, Rosineide

Durante este mês de maio, os professores de Rafael Fernandes paralisaram as atividades de sala de aula três vezes, sempre na tentativa de discutir com o poder executivo a efetivação do Plano de Cargos, Carreira e Salários e o pagamento do piso salarial de 2010 e 2011. Acompanhe na íntregra o resultado da reunião ocorrida no dia de ontem , acessando o blog www.vereadoralivia.blogspot.com .