domingo, 11 de dezembro de 2011

Eu quero é glosar * III* Autor: Damião Metamorfose.


Foi à época de ouro em minha vida,
Vem de lá todo o meu aprendizado.
Convivendo com o meu pai amado
E mamãe que foi digna e tão querida.
Mas a vida pra ser evoluída
Tem que ter os estágios, eu bem sei...
Eles desencarnaram e eu fiquei
Na missão do planeta dos mortais.
As saudades que sinto dos meus pais,
São eternas, jamais esquecerei!
*
Comecei muito cedo a namorar,
Brinquei muito até que me casei.
Mas até me casar eu aprontei
Coisas que nem ao padre eu vou contar.
Meu Deus como era bom com o luar,
No escuro ao voltar lá da cidade...
Quanto tempo meu Deus, quanta saudade!
Da minha juventude e a bonança...
Estou velho, mas guardo na lembrança,
Tudo quanto já fiz na mocidade!


*
Motes de autoria do poeta Carlos Aires e as glosas são minhas

Um comentário:

Faça aqui o seu comentário.