terça-feira, 7 de junho de 2011

Professores estaduais realizam protesto para pressionar governo

Os professores da rede estadual de ensino, em greve há 35 dias, concentram-se nesta terça-feira (07), às 15h, em frente à Escola Estadual Atheneu para uma caminhada pelo centro da cidade até o calçadão da rua João Pessoa.
A ideia é pressionar o Governo do Estado a rever a proposta apresentada à categoria que prevê um parcelamento do escalonamento da aplicação do piso nacional no atual Plano de Cargos até o mês de dezembro.
Mesmo considerando que houve um avanço por parte do governo, "porque quem apresentava zero agora mostrou alguma coisa e, por isso considero, avanço", para a dirigente do Sinte/RN, Fátima Cardoso, com essa proposta o governo mais uma vez penalizou o magistério.

"Falta de fato o governo entender que o magistério precisa de uma negociação mais imediata, que venha dentro dos padrões que o sindicato apresentou. Não podemos aceitar é que só recebamos em dezembro, quando outras categorias já receberam 30% desde janeiro deste ano", disse Fátima Cardoso.
Desde que os profissionais recusaram a proposta do Governo do Estado, ainda não houve nenhuma negociação. Da proposta feita pelo governo, os profissionais em greve discordam, principalmente, do não cumprimento da tabela de salários sugerida pelo sindicato e o parcelamento em quatro vezes (de setembro a dezembro deste ano) do Piso Nacional do atual Plano de cargos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.