sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Policia Civil de Pau dos Ferros/RN efetua apreensão de drogas e mais três traficantes são presos.

 


 
Na quarta feira (16/02/2011), às 12h00min, na cidade de Pau dos Ferros/RN, foram presos e autuados em flagrante de delito por tráfico de droga e associação para tráfico as pessoas de Eduardo Caboré(foto), Toinho Caboré e o moto taxista Jeferson, com eles foram apreendidos maconha e crack e vários objetos provenientes de furtos que teriam sido trocados por droga. Os presos são velhos conhecidos da Justiça e da sociedade pauferrense, pois tanto Eduardo Caboré como Toinho Caboré responderam com essa prisão o terceiro processo por tráfico de droga. A prisão aconteceu quando policiais da 4ª DRPC de Pau dos Ferros/RN passaram a monitorar através de filmagens a traficância praticada por Eduardo Caboré e seu grupo. Na manhã de ontem, Eduardo, Toinho e Jeferson foram filmados comercializando drogas, mas a prisão só veio de fato a ocorrer quando Eduardo foi flagrado enterrando droga próximo à sua residência. A polícia esperou Eduardo sair para depois ir até o buraco para verificar se o volume enterrado era realmente droga. Comprovada a materialidade do crime foi deflagrada uma pequena operação em pontos diferentes da cidade que resultaram na prisão simultânea de Eduardo Caboré, Toinho Caboré e Jerferson. Após todos já estarem presos a Polícia se direcionou para as residências dos investigados, que já possuíam mandados de busca e apreensão deferidos pelo poder Judiciário local. Na delegacia, Eduardo, Toinho e Jeferson confessaram envolvimento com o mundo do crime, mas Toinho e Jeferson negaram envolvimento com a droga apreendida. O líder do grupo, Eduardo Caboré, assumiu total propriedade do entorpecente para tentar inocentar Toinho e Jeferson, mas não julgava que toda a ação estava sendo filmada, evidenciando inconteste participação dos demais acusados.
O blog destaca nesta prisão a constância do trabalho de combate ao tráfico de drogas desempenhado pela 4ª DRPC de Pau dos Ferros/RN; de janeiro de 2010 até a última prisão na data de 16/02/2011, já foram postos atrás das grades mais de 60 traficantes da região do alto oeste potiguar, uma verdadeira limpeza na cidade e região. Só este ano já são cinco com a prisão de ontem. Quem perguntar sobre o sucesso desse trabalho ao Delegado Regional Dr. Inácio Rodrigues receberá humildemente como resposta a simples frase, “inteligência policial”. O Dr. Inácio explicou para o nosso blog como é feita essa inteligência; “a delegacia tem um mapa da cidade e região, onde são marcados os pontos de venda e seus respectivos traficantes. Depois não existe um método concreto para prender esses traficantes, o que se faz é investigar os hábitos pessoais de cada um, as suas relações criminosas e os seus modos operantes, e assim analisar o perfil de cada traficante, para que se possa traçar o método mais eficaz para efetuar a sua prisão. O traficante não pode se adaptar ao trabalho da polícia, e sim a polícia é quem tem que se adaptar aos modos operantes dos traficantes. Diminuímos em 70% o número de traficantes na cidade, mas o trabalho é uma constante, pois o tráfico é cíclico, prendemos um e logo depois aparece outro para substituí-lo, e somente a constância do trabalho possibilita que a traficância se enfraqueça e aos poucos vá diminuindo” Para quem não lembra, em outubro do ano passado foi deflagrada a operação STONE, que teve como resultado a prisão de dezenas de pessoas em Pau dos Ferros/RN, Alexandria/RN, São Miguel/RN e cidades do Estado do Ceará. A Stone foi fruto de três meses de interceptação telefônica feita pela 4ª Delegacia Regional de Polícia de Pau dos Ferros/RN que pôs fim a uma rede interestadual de tráfico de droga. O trabalho de ontem foi todo filmado e mostraremos como a equipe coordenada pelo Dr. Inácio trabalha. Parabéns ao Dr. Inácio e a toda a sua equipe da 4ª DRPC de Pau dos Ferros/RN, pois agora são menos três riscados do mapa desse grupo de forte atuação na região.
 
Fonte: nosso paraná

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.