quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Paralisados - Servidores do Itep de braços cruzados

A greve dos servidores do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) foi iniciada na manhã de ontem, durante uma assembleia realizada na sede do Sindicato dos Policiais Civis da Segurança Pública (Sinpol/RN). Durante a assembleia, que foi iniciada por volta das 8h30 e contou com mais de 120 servidores, foi decidida a suspensão dos serviços por tempo indeterminado, como perícias, laudos, emissão de RG e atestado de antecedentes criminais. Uma das reivindicações da categoria é referente à regularização dos pagamentos da gratificação de plantão e do adicional noturno, referentes ao mês de janeiro. De acordo com o chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, a situação estará regularizada até o final da semana.

Grevistas querem regularização de pagamento de gratificações Foto: Fábio Cortez/DN/D.A Press

A presidente do Sinpol, Vilma Marinho, relatou que entrou em contato com o governo para discutir a situação e foi informada que seria feito um acordo, onde o pagamento seria repassado através de uma folha suplementar. Vilma afirmou que devido ao não cumprimento do acordo até o momento, cerca de 500 servidores de todo estado aderiram a mobilização e deram início ao movimento grevista. Com apenas 30% do efetivo em atividade, os serviços que continuarão a serem realizados pelo Itep serão os procedimentos relativos a flagrantes e o recolhimento e a liberação de cadáveres entre às 8h e 18h. As demais atividades serão paralisadas.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso informou que o motivo da interrupção das gratificações ocorreu por haver distorções na folha de pagamento de alguns funcionários. Segundo ele, os valores referente aos adicionais noturnos de algumas pessoas estariam sendo pagas de forma indevida. Porém na tarde da última segunda-feira, 7 de janeiro, a folha de pagamento já havia sido encaminhada à administração. A previsão é que até o final da semana, o problema esteja resolvido.

Fonte: Diário de Natal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.