sábado, 27 de novembro de 2010

DISCUSSÃO DO ESTATUTO COM A CATEGORIA

O comando da PMRN e as Associações discutiram com a categoria que estava representada por 50 policiais no auditório do QCG a reformulação do novo Estatuto dos Militares Estaduais.

Foram discutidos a:
  • Jornada de trabalho;
  • Ingresso; e,
  • Interstício de promoção entre as graduações

A jornada de trabalho estabelecida no estatuto será de 160 horas, não podendo ultrapassar o número de 12 horas de trabalho por serviço.

A APM se apresentou a favor da jornada de 160 horas e contrária a limitação de 12 horas de serviço, pois em muitos casos é necessária a aplicação de 24 horas de serviço.

As demais associações presentes foram favoráveis a regulamentação do limite de 12 horas de trabalho por serviço.

Posto em deliberação ficou aprovado à regulamentação do limite de 12 horas.

O Ingresso na Polícia Militar se dará por concurso, onde o candidato tenha de 19 anos a 28 anos de idade e possua diploma de nível superior.

Cinquenta por cento das vagas para oficial será destinada a membros da corporação que tenha no mínimo de 3 anos de serviço, esta ultima proposta foi aprovada pelos presentes.

O Interstício será aplicado do soldado ao subtenente, tendo um mínimo com existência de vagas e um máximo para promoção ex-officio.

Veja o quadro de interstício:
 
Com a aplicação desta tabela, se o policial for promovido somente à graduação subsequente por ex-officio, dentro de 24 anos de serviço o policial estará na graduação de subtenente.

Devido ao tempo, não foi possível continuar a discussão. Ficando a critério da comissão a definição de uma nova data.

A Comissão é composta por:

Oficiais e Associações (ABM – ASS – ACS – ASSPRA – APRAM – APBMS).

A APM não participou, devida a discussão ter começada a bastante tempo e a criação ter sido criada recentemente. Mas a nossa participação foi bastante importante durante a discussão.

A Dr. Kátia também deu uma grande contribuição durante o debate.

A Sargento Regina e o Comandante Geral estiveram presentes.

Escrito por Cabo Heronides.
 

Aulões deste sábado contaram com a participação dos professores Gevilbergue ( Biologia) e Zildembergue (História).




Dando continuidade com os aulões em preparação para o vestibular ( Processo Seletivo Vocacionado-PSV/ 2011), promovidos pelo mandato da vereadora Lívia (PT) em parceria com a Escola Estadual José Ferreira da Costa e a ONG ART & VIDA. Neste sábado dia 27, contamos com a participação do Professor Gevilbergue pela manhã, ofertando a disciplina de Biologia e o professor Zildembergue a tarde,com a disciplina de História. No próximo sábado dia 04/12, teremos aulas de Língua Espanhola com o professor Sebastião ( graduando do curso Letras/espanhol-UERN) e Geografia com a professora Rafaela do CAMEAM/UERN.

Não percam!!!

Polícia do Rio prepara entrada no Complexo do Alemão


O comandante-geral da PM do Rio, coronel Mário Sérgio Duarte, afirmou que os traficantes que estão no complexo de favelas do Alemão, na zona norte da capital, "devem se entregar enquanto há tempo". "Depois que entrarmos, as coisas vão ser extremamente complicadas", disse o policial. Segundo ele, isso vai ocorrer "a qualquer momento".
Uma hora depois deste ultimato, o diretor executivo do Grupo AfroReggae, José Junior, chegou à Favela da Grota, para conversar com traficantes. Entrou informando apenas que tinha que "resolver um assunto sério" e subiu a favela acompanhado por cinco homens por uma das ruas transversais da Avenida Itararé, uma das principais do complexo. Meia hora depois saiu dizendo que mais tarde poderia comentar alguma coisa. Júnior, que há 15 anos media conflitos em favelas do Rio, tem excelente relação com o governador do Estado, Sérgio Cabral Filho (PMDB), e seu vice, Luiz Fernando Pezão.

PMs e militares das forças armadas continuam fazendo contenções nas entradas das favelas. "Estamos chegando nos momentos finais para a retomada do Alemão. Estaremos do lado de fora por muito pouco tempo. Aqueles que querem se render devem fazer isso agora", declarou o comandante-geral da PM.
Para Duarte, "não há nenhuma chance de traficantes serem bem-sucedidos na tentativa de defesa do território". "Nossas forças têm toda a superioridade nesse momento; homens, equipamentos e munição com apoio de blindados e apoio aéreo", disse o coronel.
Com a figura de uma caveira, símbolo do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da PM, colada no peito, o comandante-geral disse que a população dessas favelas deve ficar abrigada em casa para se proteger. Ele avisou que, para receberem o "tratamento que a lei determina", os traficantes "devem levantar suas armas e sair com armas e mãos sobre a cabeça". "Algumas lideranças já estão tentando fugir. Eles não são capazes de oferecer resistência. Estamos determinando sua rendição".
Referindo-se aos ataques com incêndios de carros e ônibus, Mário Sérgio disse que "um erro estratégico" dos criminosos acabou precipitando a operação no Alemão, e reconheceu que não há efetivo para a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no local.
"Ninguém falou até agora em modelo definitivo de UPP, mas em ações de resgate, de retomada", declarou. "Não vamos recuar na decisão de fazer a pacificação do Rio. Depois da missão no Alemão, teremos outras. Vamos retomar áreas onde o narcotráfico dominou, imperou e escravizou a população durante tantos anos".

Dilma mantém Marco Aurélio Garcia como assessor


A presidente eleita Dilma Rousseff decidiu manter o assessor especial internacional do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marco Aurélio Garcia, no mesmo cargo que ocupa hoje.
A manutenção de Garcia na cozinha do Planalto é um forte sinal da continuidade da política de boa vizinhança do Brasil com os países vizinhos, como a Venezuela, que rendeu muitas críticas à política externa do presidente Lula. A própria Dilma, embora não tenha explicitado como pretende conduzir a política externa brasileira, já manifestou apoio ao Mercosul e foi celebrada pelo venezuelano Hugo Chávez.
Será uma reedição da dobradinha Garcia-Itamaraty, que o governo considera que deu certo na administração da política externa sob Lula. Mas a ajuda de Marco Aurélio a Dilma não se restringe à política externa. Garcia, que foi um dos coordenadores da campanha da petista, ajudará a presidente eleita também na relação com o PT.
Para o Itamaraty, no entanto, o nome que vai suceder a Celso Amorim ainda não está definido. O mais cotado é Antônio Patriota, atual secretário-geral da pasta. Apesar do desejo do atual chanceler de permanecer no posto, a presidente eleita confidenciou a aliados a sua disposição de substituí-lo.
Assessores de Amorim avaliam que o chanceler não está digerindo bem a sua 'aposentadoria' e estaria minando até mesmo Antônio Patriota, seu pupilo, que chegou ao segundo posto do Itamaraty pelas suas mãos.
Dilma tem uma excelente relação com Patriota, que não só a assessorou como a acompanhou em diversos tipos de eventos nos Estados Unidos.
À época em que era ministra-chefe da Casa Civil, Dilma chegou a ser ciceroneada por Patriota, então embaixador em Washington, em programações culturais em Nova York, onde assistiram a concertos e visitaram exposições de artes plásticas. Nas Relações Exteriores, Patriota poderia ajudar a estreitar as relações entre os dois países, já que ficou dois anos servindo em Washington.
Apesar de o governo de transição estar pensando em nomes de mulheres capazes de compor o ministério, há uma forte reação corporativa a esta possibilidade. Os que pensam dessa forma acham que poderia ser o momento de nomear uma mulher para secretária-geral da pasta a fim de prepará-la para, no futuro, assumir a chancelaria.
Há quem aposte que, neste momento, poderiam ser escolhidas diplomatas conceituadas e experientes como Vera Machado, atual subsecretária-geral de política do Itamaraty, que já foi embaixadora no Vaticano e na Índia. Circula também o nome de Maria Luiza Viotti, embaixadora do Brasil na missão da ONU, que representou o Brasil na votação contra as sanções da ONU ao Irã, mas que é vista como mais 'instável' e teria relutado até em aceitar o posto na ONU.
Outra opção é Vera Pedrosa que, apesar de já ter se aposentado, tem bom trânsito com a esquerda. Ela foi subsecretária-geral de política, assim como Patriota antes de ir para Washington.
No Palácio, já foi escolhido o novo chefe do cerimonial de Dilma. Será Renato Mosca, que já serviu no Planalto em vários governos e conhece a fundo o funcionamento do setor. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Por TÂNIA MONTEIRO, estadao.com.br

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

GOVERNO DO RN ENTREGA MOTOS E ARMAMENTO À POLÍCIA.


O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed), entregou na manhã desta sexta-feira (26), 233 motocicletas e 300 armas, entre carabinas e espingardas, ao aparelho da segurança estadual. Os equipamentos serão empregados no policiamento ostensivo. O investimento nas motos ultrapassa os R$ 3,3 milhões. O secretário da Segurança Pública, desembargador Cristóvam Praxedes, explicou que 214 motocicletas serão utilizadas pelas Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e Polícia Rodoviária Estadual (CPRE). As demais serão destinadas a outros órgãos da Segurança Pública e Corpo de Bombeiros. “Estamos dotando a polícia de melhor estrutura para o policiamento ostensivo. Esse investimento soma-se a outros feitos com a aquisição e locação de dezenas de veículos e motos”, disse.As motos, da marca Yamaha, são equipadas com intermitente, sirene, bagageiro e identificação específica para cada unidade policial, além de capacetes de última geração. Cada unidade totalmente equipada foi adquirida por R$ 14.300,00.Na mesma solenidade, a Sesed entregará à Polícia Militar 100 carabinas calibre .40 e 200 espingardas calibre 12. A carabina CT 40, de calibre restrito as forças policiais, é uma arma longa de cadência semi-automática ideal para uso em operações, sendo utilizadas por forças policiais de todo País. As armas, segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo, serão utilizadas pelas equipes de Operações Especiais, Batalhão de Choque e Rádio Patrulha.

FONTE: DN Online 

Exército inicia cerco ao Complexo do Alemão com 800 homens.

O Exército já está posicionado para iniciar a operação de cerco e isolamento em 44 pontos do entorno do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro. As informações foram passadas pelo general Fernando Sardenberg, da Brigada de Infantaria Paraquedista, em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (26), ao lado do governador Sérgio Cabral e do ministro da Defesa, Nelson Jobim.
Ao todo, foram mobilizados 800 homens e cinco blindados do modelo Urutu, o mesmo utilizado pelas Forças Armadas brasileiras no Haiti.

O Exército já está posicionado para iniciar a operação de cerco e isolamento em 44 pontos do entorno do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro. As informações foram passadas pelo general Fernando Sardenberg, da Brigada de Infantaria Paraquedista, em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (26), ao lado do governador Sérgio Cabral e do ministro da Defesa, Nelson Jobim.
Ao todo, foram mobilizados 800 homens e cinco blindados do modelo Urutu, o mesmo utilizado pelas Forças Armadas brasileiras no Haiti.

O Exército também conta com jipes (o número não foi informado), que estão trazendo mantimentos e munições do quartel para reforçar os 44 pontos. Sardenberg informou ainda que os 800 homens são todos do Rio de Janeiro, não são de fora do Estado.

"Covardes"

De acordo com o coronel Álvaro Garcia, chefe de Estado Maior da Polícia Militar, reforçarão as operações três helicópteros blindados da Aeronáutica, aptos a fazer patrulhamento noturno; um deles vindo do Mato Grosso do Sul, talvez ainda seja utilizado hoje.

Garcia informou que nesta sexta-feira 200 homens da Polícia Militar, Bope e Polícia Civil estão participando da operação na Vila Cruzeiro. O comandante da PM acredita que ainda haja cerca de 200 marginais na comunidade e, segundo ele, moradores coniventes com os criminosos.

"Os marginais estão abatidos. São todos covardes, fugiram ontem igual lebres. Eles têm que ver que não devem enfrentar o estado nunca", disse. Para Garcia, os traficantes estão com a "moral baixa" e muito mal psicologicamente. "A atuação dentro da comunidade é nossa. O Exército vai impedir que marginais fujam", completou .

A PM está estudando uma incursão no Alemão, já que, segundo ele, os criminosos estão sem condições de fugir.

Ocupação

Policiais militares apreenderam grande quantidade de armas e drogas durante a operação de ontem e da madrugada desta sexta-feira (26) na favela da Vila Cruzeiro, zona norte do Rio de Janeiro. Cerca de 200 traficantes deixaram o local nesta quinta-feira após uma megaoperação da polícia.

Homens do Bope (Batalhão de Operações Especiais da PM) apreenderam três fuzis, duas metralhadoras, um revólver, mais de 1.200 munições, bombas caseiras e duas granadas. Também foi apreendida uma farda cinza sem identificação.

Os policiais do Bope encontraram uma quantidade muito grande de maconha, cocaína e crack (ainda não contabilizados), material para endolação, além do analgésico Sigmaliv, utilizado para aumentar o efeito da cocaína.

Já os policiais do 16º Batalhão (Olaria), apreenderam uma submetralhadora 9 mm, de fabricação italiana, um fuzil .30, um fuzil 762 (FAL), uma granada, 33 bombas caseiras, 15 mil papelotes de cocaína prontos para a venda, 57 kg de maconha, uma balança de precisão, três coletes a prova de bala, seis fardas semelhantes às utilizadas pelo Bope e seis pares de coturno.

Balanço

De acordo com a PM, desde domingo, dia do início dos ataques em série dos criminosos, 96 veículos foram incendiados, entre eles, vários ônibus. Nos seis dias de conflito entre policiais e traficantes até hoje, a PM diz que foram apreendidas dezenas de armas, granadas, drogas e garrafas de gasolina. Pelo menos 217 pessoas foram presas ou detidas, quatro policiais foram feridos e 34 pessoas foram mortas.

Pelas informações passadas pelos hospitais e pela Secretaria Estadual de Saúde, mais seis pessoas morreram ao longo do conflito - quatro na quarta-feira e mais duas hoje.

O Rio de Janeiro vive uma guerra contra o tráfico. Hoje, policiais civis, militares e federais foram alvos de disparos de traficantes na tentativa de entrar no Complexo do Alemão. As operações em morros e favelas visam acabar com a série de ataques, arrastões e incêndios em veículos.

Falar em cena de guerra não é exagero: veículos blindados da Marinha estão sendo usados nas operações. Mesmo assim, os bandidos desafiam as autoridades e continuam impondo tentativas de ataques.
As autoridades fluminenses consideraram os ataques uma resposta à política de ocupação de favelas por UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) e à transferência de presos para presídios federais. A intenção seria colocar medo na população.

A polícia investiga se os ataques estão sendo orquestrados pelas facções criminosas Comando Vermelho e ADA (Amigos dos Amigos). Na quarta-feira, oito presidiários foram transferidos do Rio para o presídio de segurança máxima em Catanduvas (PR). Ontem, líderes que estavam em Catanduvas foram transferidos para Porto Velho (RO).

Daniel Milazzo
Especial para o UOL Notícias
No Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO EM GUERRA

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, assinou na noite desta quinta-feira a Diretriz Ministerial nº 14, que determina às Forças Armadas o reforço do apoio ao governo do Rio de Janeiro nas operações de combate à onda de criminalidade que afeta o Estado.
A Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi solicitada pelo governador do Rio e autorizada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Serão enviados 800 homens do Exército para garantir a proteção dos perímetros das áreas que forem ocupadas pelas polícias.
Também serão enviados dois helicópteros da Força Aérea e 10 blindados de transporte, com origem a ser definida em coordenação entre as próprias forças, inclusive a Marinha, que já se encontra com viaturas em operação. Também serão fornecidos, temporariamente, equipamentos de comunicação entre aeronaves e tropas em solo e óculos para visão noturna.
Até esta quinta-feira, 32 pessoas foram mortas na onda de violência.
Violência
Os ataques tiveram início na tarde de domingo, dia 21, quando seis homens armados com fuzis abordaram três veículos por volta das 13h na Linha Vermelha, na altura da rodovia Washington Luis. Eles assaltaram os donos dos veículos e incendiaram dois destes carros, abandonando o terceiro. Enquanto fugia, o grupo atacou um carro oficial do Comando da Aeronáutica (Comaer) que andava em velocidade reduzida devido a uma pane mecânica. A quadrilha chegou a arremessar uma granada contra o utilitário Doblò. O ocupante do veículo, o sargento da Aeronáutica Renato Fernandes da Silva, conseguiu escapar ileso. A partir de então, os ataques se multiplicaram.
Na segunda-feira, cartas divulgadas pela imprensa levantaram a hipótese de que o ataque teria sido orquestrado por líderes de facções criminosas que estão no presídio federal de Catanduvas, no Paraná. O governo do Rio afirmou que há informações dos serviços de inteligência que levam a crer no plano de ataque, mas que não há nada confirmado. Na terça, a polícia anunciou que todo o efetivo foi colocado nas ruas para combater os ataques e foi pedido o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para fiscalizar as estradas. Foram registrados 12 presos, três detidos e três mortos.
Na quarta-feira, com o policiamento reforçado e as operações nas favelas, 15 pessoas morreram em confronto com os agentes de segurança, 31 foram presas e dois policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) se feriram, no dia mais violento até então. Entre as vítimas dos confrontos, está uma adolescente de 14 anos, que morreu após ser baleada nas costas. Além disso, 15 carros, duas vans, sete ônibus e um caminhão foram queimados no Estado.
Ainda na quarta-feira, o governo do Estado transferiu oito presidiários do Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio, para o Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná. Eles são acusados de liderar a onda de ataques. Outra medida para tentar conter a violência foi anunciada pelo Ministério da Defesa: o Rio terá o apoio logístico da Marinha para reforçar as ações de combate aos criminosos. Até quarta-feira, 23 pessoas foram mortas, 159 foram presas ou detidas e 37 veículos foram incendiados no Estado.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A COMUNIDADE CATÓLICA DE RAFAEL FERNANDES LANÇA PROGRAMAÇÃO DA FESTA SANTA LUZIA 2010

DIOCESE DE SANTA LUZIA - MOSSORÓ
PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO - PAU DOS FERROS
CAPELA DE SANTA LUZIA - RAFAEL FERNANDES

Também sou teu povo Senhor!!

Caros devotos...
Mais uma vez, nos reunimos para celebrar a Festa de Santa Luzia, uma festa marcada por história de lutas, conquistas, vitórias, avanços e recuos...
Assim é a história do povo de Deus! Um povo fortalecido pela fé, que acredita numa vida em plenitude e que não desanima de seus propósitos, pois tem ao seu lado um Deus que o ajuda a caminhar.
Também sou teu povo Senhor! É o tema que neste ano nos convida a refletir sobre o testemunho que Jesus Cristo e Santa Luzia nos deixaram, fortalecendo a vida de cada cristão, povo de Deus para que possamos firmar nossos passos cotidianos à luz da história e dos ensinamentos cristãos.
Que possamos celebrar uma festa que venha de forma significativa, reativar a fé do nosso povo, reafirmar nosso compromisso cristão, enquanto batizados e ressuscitados em Cristo! Que o advento, tempo de espera, nos ajude a celebrar esse momento festivo à luz da vinda de melhores dias para o nosso povo, à luz dos ensinamentos bíblicos numa sociedade que clama por uma vida cristã mais humana!
Que Santa Luzia abençõe a todos!

Agentes de Pastoral da Capela de Santa Luzia.

Preparação
17 de Novembro a 08 de dezembro
- Peregrinação "LUZ SANTA" com a imagem de Santa Luzia na zona rural
Abertura da Festa

09 de dezembro- Quinta-feira
05:00 h - Ofício Divino
18:30 h - Concentração LUZ SANTA - Caminhada até a Capela;
19:00 h - Acolhida das comunidades;
- Hasteamento das bandeiras;
- Celebração Eucarística celebrada pelo Bispo Diocesano: Dom Mariano Manzana
21:00h - Apresentação do coral "Vida em canto" / UERN/CAMEAM
Tríduo
10 de Dezembro- Sexta- feira
05:00 h - Ofício Divino
08:00 h - Celebração do Catecumenato
19:00 h - CELEBRAÇÃO
"Caminhamos na estrada de Jesus."
Noiteiros: Comunidades rurais Varzinha, Alto os Lagoas; Gangorra, Espaduado, Baixa do Arroz, Bezerro e Torrões
Homenagem: Pastoral da Criança; ECC; Ministério da música; Batismo
Pregador: Iza/CEBS


11 de Dezembro - Sábado
05:00h - Ofício Divino
09:00h - Batizados
19:00h - CELEBRAÇÃO
"Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi"
Noiteiros: Comunidades rurais Maretas, Lanchinha e Gangorrinha
Homenagem: Terço dos homens; Infância Missionária; Legião de Maria; Apostolado Mãe Rainha
Pregadora: Ir. Lúcia Silva

12 de Dezembro- Domingo
05:00h - Ofício Divino
08:00h - Missa com idosos e doentes, na Capela, logo após, haverá carreata motorizada com Santa Luzia.
19:00h - CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA
"Feliz o povo que Deus escolheu por sua herança"
Noiteiros: Comunidades Rurais Malhada Alta, Batalhão, Boi Morto, Cacimbas
Homenagem: Pastoral do Dízimo; Ministros Extraordinários da sagrada Comunhão; Pastoral litúrgica; Catequese
Pregador: Pe. Raimundinho
Dia da Padroeira
13 de Dezembro - Segunda feira
FESTA DE SANTA LUZIA
05:00 h - Salva; Alvorada
05:30 h - Acolhida dos devotos que vem em romaria de Pau dos Ferros a Rafael Fernandes.
06:00 h - Café dos romeiros
08:00 h - Celebração Eucarística pelos Dizimistas/Romeiros
10:00 h - Missa Solene
16:30 h - Procissão com a imagem de Santa Luzia
- Bênção do Santíssimo Sacramento
- Presidente: Pe. Raimundinho

Eventos Culturais e Sociais
,09 a 11 de Dezembro
Quermesse das pastorais após a celebração com música ao vivo

11 de Dezembro
Após a novena - Bingo

12 de Dezembro
21:30 h - Barracão de Santa Luzia
Animação com Banda de anos 60

Itinerário da Procissão

Ruas: D.Pedro II; Fco de Oliveira Filho; 21 de Outubro; Antonio Justino de Oliveira; José Silva; Travessa do Cemitério; Egídio Chagas; José Martins de Oliveira; Santo Antonio; Pe. Miguelinho; Praça da Matriz.









terça-feira, 23 de novembro de 2010

Diocese define novo padre de Pau dos Ferros/RN.



Da esquerda para direita: Padre Janédson, Bispo Dom Mariano Manzana e Padre Ivonzélito

A Diocese de Santa Luzia, em Mossoró, já definiu o novo padre que assumirá a Paróquia de Pau dos Ferros à partir de janeiro de 2011.

Trata-se do rafaelense José Janédson de Oliveira , 32 anos. Janédson foi ordenado no dia 04 de junho de 2005 na igreja de Santa Luzia, em Rafael Fernandes.

A paróquia de Pau dos Ferros está sem pároco titular, desde o afastamento do Padre Francisco das Chagas que saiu após ser deflagrado escândalo de suposta corrupção na sede da paróquia

domingo, 21 de novembro de 2010

Dilma parabeniza Fátima pela votação no RN


A deputada federal Fátima bezerra (PT-RN) foi cumprimentada pela presidenta eleita, Dilma Rousseff, durante reunião do Diretório Nacional do PT, nesta sexta-feira, 19, em Brasília. Dilma elogiou a deputada pelos 220.335 votos recebidos, colocando-a entre os deputados federais mais bem votados, proporcionalmente.

De Dilma para Fátima: "Parabéns, Fátima, você fez bonito no Rio Grande do Norte, leve o meu abraço para todo o povo querido do Estado e para os militantes do PT ".

Segundo a deputada, no evento, a presidenta Dilma, de forma serena e emocionada, destacou o papel do seu Partido, o PT, na vitória conquistada nas última eleições. "A presidenta disse-nos, que uma das coisas que mais a emocionava quando ela descia do avião era ver a bandeira do PT e os militantes ao seu redor."

Fátima elogiou o comentário. "É isso aí presidenta Dilma foi essa solidariedade militante em todo país que fez a diferença", destacou.
Fonte: Blog da Fátima

AULÕES PARA O VESTIBULAR(PSV/2011) TIVERAM INÍCIO NO SÁBADO




Teve início neste sábado os aulões, em preparação ao vestibular ( PSV/2011), promovidos pelo mandato da vereadora Lívia e em parceria com a Escola Estadual José Ferreira da Costa e a ONG ART& VIDA. No primeiro dia contamos com a participação do Professor Redson, ofertando a disciplina de Literatura e o professor Caio Patrício com a disciplina de Química, no próximo sábado teremos aulas de Biologia como o professor Gevilbergue e história com o professor Zildembergue.