sábado, 13 de fevereiro de 2010

PARTIDO DOS TRABALHADORES-RN ESTÁ DE LUTO!!!



O companheiro petista Ruy Pereira, médico sanitarista e atual secretário de Educação do nosso estado, veio a óbito nesta sexta feira dia 12, vítima de um acidente automobilístico quando retornava para Pernambuco, percuso que fazia semanalmente, pois redia em Recife.
O Partido dos Trabalhadores perdeu um dos seus grandes líderes com destacada atuação na gestão do município de Serra Negra do Norte de 1997 a 2001, fato este que o levou a disputar o Governo do Estado no ano 2004. Ruy também foi secretário Estadual de saúde em 2005 e 2006. Com certeza deixará uma grande lacuna no PT e na sociedade Potiguar.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Presidente Estadual do PT, concede entrevista ao nosso blog


Rosineide,Eraldo Paiva e Lívia

Após a posse do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores-RN, O novo presidente e vereador de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva falou dos seus objetivos e projetos para o partido e os principais desafios para o ano de 2010 em uma entrevista exclusiva ao nosso blog. Então vamos lá!!

BLOGNOSSARAFAELFERNANDES: COMO ESTÁ COMPOSTO O NOVO DIRETÓRIO ESTADUAL DO PT-RN?
Eraldo: Primeiro quero agradeçer pelo convite e pela oportunidade de levar a nossa opinião ao povo de Rafael Fernandes e região, através do blog Nossa rafaelfernandes. Temos um diretório bastante representativo, com toda as regiões do estado representadas como também as forças internas que compõe o partido no estado, com isso poderemos ter um quadro politico que retrate todas pautas das regiões do estado.
BNRF: QUAIS OS PRINCIPAIS OBJETIVOS E PROJETOS DO PT DO RN PARA OS PRÓXIMOS TRÊS ANOS??
Eraldo: O PT tem como prioridade dar continuidade ao projeto do governo Lula, esse é o projeto principal do nosso partido, com isso entendemos que a candidatura da compaheira Dilma é fundamental para darmos continuidade aos avanços que o país tá vivendo. No RN temos nesses três anos uma tarefa de preparar o partido para a disputa de 2010 e 2012. Organizar nossas instâncias para que possam fazer a disputa dos temas que fazem parte do dia-a-dia da sociedade.
BNRF:QUAIS SÃO OS DESAFIOS E PRIORIDADES DO PT-RN NESTE ANO DE 2010??
Eraldo: Além de dar continuidade ao projeto do governo Lula com a eleição de Dilma, com isso elegermos a primeira mulher a dirigir os rumos deste país, temos o objetivo de ampliarmos nossas bancadas, federal e estadual, como também eleger nosso candidato a gonvernador no RN, eleger senadores comprometidos com nossas pautas de lutas.

PM e Polícia Civil devem ser unificadas? A Polícia Rodoviária deve ser incorporada à PF? Senado dá início à discussão.


O Senado fez nesta terça-feira (9) a primeira audiência para discutir uma proposta de emenda constitucional (PEC 21/05) do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) que reestrutura os órgãos de segurança no país. Ela prevê que a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Ferroviária serão incorporadas à Polícia Federal e que os estados poderão unificar sua polícia militar e civil. O projeto tira o Corpo de Bombeiros da PM, vinculando-o à Defesa Civil, e permite que as guardas municipais atuem na segurança pública.

A audiência foi promovida pela Subcomissão de Segurança Pública, que funciona no âmbito da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Marcos Leôncio Sousa Ribeiro, representando a Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal, afirmou que a PF já está sobrecarregada, com pessoal insuficiente, e não deveria receber novas atribuições - no caso, os policiais rodoviários.

Ele sugeriu que, a exemplo do que é feito hoje em países da Europa, o governo crie uma Polícia Federal de Segurança, que cuidaria das fronteiras, dos portos e aeroportos. A PF trabalharia apenas como polícia judiciária, dos crimes federais, como tráfico de drogas e de armas e crimes contra a União. Nesse caso, a atual Polícia Rodoviária poderia ser incorporada à nova Polícia Federal de Segurança.

Já Alexandre Augusto Aragon, representante da Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, opinou que as polícias militar e civil "inevitavelmente serão unificadas", mas isso deverá ser feito de forma gradual e depois que a legislação estabelecer claramente as competências de cada uma delas. Com a unificação, opinou, a PM continuaria com sua responsabilidade na segurança pública e poderia cuidar dos crimes de pequena monta, enquanto os civis ficariam com os crimes contra as pessoas.

Aragon alertou que a PEC 21/05, ao autorizar as guardas municipais a atuarem na segurança pública, cria o risco de que prefeitos usem a nova força como sua guarda pessoal, colocando esses agentes a serviço de poderes políticos. Disse ainda que os bombeiros não terão o menor interesse em se separar das PMs para ficar com a Defesa Civil.

O presidente da Subcomissão de Segurança Pública e autor do projeto, senador Tasso Jereissati, sustentou que a existência de duas polícias nos estados, com comandos separados, não é eficiente e que há resistência corporativa contra a unificação. Por isso, vários projetos com essa finalidade acabaram sendo arquivados nos últimos anos no Congresso Nacional. Informou que a subcomissão ouvirá nos próximos meses todos os envolvidos e especialistas em segurança pública.

O senador Romeu Tuma (PTB-SP), indicado relator do projeto, informou que não concorda com a proposta, acreditando que uma legislação que defina com clareza o que compete à PM e à polícia civil resolverá boa parte dos problemas hoje existentes, inclusive conflitos entre as duas corporações. Disse que a Polícia Rodoviária Federal vem fazendo "um excelente trabalho" no combate ao tráfico de drogas e de armas depois que passou a receber equipamentos modernos. O senador César Borges (PR-BA), que presidiu a audiência pública, opinou que, mesmo sem unificação das duas polícias, os comandos devem ser unificados.

Ao final, o representante dos delegados federais, Marcos Leôncio Sousa Ribeiro, defendeu que o diretor-geral da PF tenha mandato aprovado pelo Senado, deixando de ser "uma polícia do Executivo, mas da República". Por sua vez, o representante da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Alexandre Augusto Aragon, observou que boa parte dos policiais militares quer a unificação por acreditar que seus salários serão elevados ao nível dos policiais civis, "o que é uma ilusão". Ele aplaudiu o fim da Justiça Militar, contida no projeto, e a criação de um fundo para investimentos das polícias, que seria formado com 5% da arrecadação federal e 9% das receitas estaduais e municipais.

Fonte: Agência Senado









quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

PT, 30 ANOS MILITANDO PELO BRASIL


O Partido dos Trabalhadores comemora hoje, 10 de fevereiro, o seu 30º aniversário de fundação, motivo de festa para milhões de brasileiros, entre filiados, militantes, simpatizantes e eleitores, que acreditam, apoiam e constroem um partido que se destaca no cenário político brasileiros na defesa das lutas sociais e populares mais importantes da nossa história recente.

Vários atos, manifestações e festas serão promovidas por diretórios estaduais e municipais pelo país afora e até mesmo no exterior.

As festividades oficiais de comemoração a tão importante data serão realizadas durante a realização do IV Congresso Nacional do PT que ocorrerá nos dias 18, 19 e 20 deste mês, em Brasília. Durante o Congresso, 1.350 delegados eleitos no último PED estarão reunidos para preparar o partido para mais um grande desafio: vencer as eleições de 2010 e dar continuidade ao projeto político iniciado pelo nosso presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em artigo publicado nesta quarta-feira, o presidente eleito do PT,José Eduardo Dutra, e o presidente Ricardo Berzoini que deixa o cargo após quatro anos de gestão, exaltam a participação histórica do PT no processo de democratização do país e na construção de um Brasil melhor e mais justo para todos os brasileiros.
FONTE:WWW.MINEIROPT.COM.BR

PT COMPLETA 30 ANOS DE MILITÂNCIA


Veja depoimento do deputado estadual do RN Fernando Mineiro sobre a data

O PT completa três décadas de fundação nesta quarta-feira com as atenções voltadas para a próxima sucessão presidencial. A data coincide com o fim do governo – após oito anos no poder – da maior liderança política da legenda: o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para o deputado estadual Fernando Mineiro, o partido “amadureceu” e “está preparado para o pós-Lula”.

“O PT está maduro sim para a era pós-Lula. O Lula vai estar sempre presente na vida do PT, não como presidente, mas estará presente”, declarou.

Mineiro lembrou que as próximas eleições serão as primeiras, após a redemocratização do país, em que o presidente Lula não participará como candidato. Mas o deputado aposta que, ainda assim, o petista terá papel fundamental na própria sucessão.

“A sociedade vai viver um processo eleitoral sem o Lula. Ele sempre participou como candidato. Agora, se enganam aqueles que acham que o Lula não estará presente [na próxima eleição]. Não estará presente como candidato, mas como o principal coordenador deste processo, vai influir nesta questão. É legal a gente viver o fim do governo do presidente Lula com os 30 anos do PT”, avaliou.

“Qualquer olhar honesto da história contemporânea brasileira verá as contribuições que o PT deu e vem dando à democracia no Brasil. Para mim, a coisa mais valorosa foi a incorporação de milhões de pessoas à cidadania política. Quem conhece minimamente a história partidária brasileira sabe que existe um divórcio entre os partidos e a sociedade e que boa parte da representação dos trabalhadores são excluídos da atividade política. Então o PT representa a entrada de outros atores para a atividade política”.

Mineiro disse que o PT “implementou políticas públicas que modificaram os executivos e os parlamentos brasileiros”. “Independente de quem goste ou não do PT, o modo petista de governar e legislar são realidades incorporadas ao estado brasileiro em muitos aspectos: orçamentos participativos, conselhos estaduais, a questão democrática, as políticas públicas, uma série de ações que têm a contribuição do Partido dos Trabalhadores”, defendeu.

Desafio

O maior desafio do Partido dos Trabalhadores no ano em que completa três décadas de fundação é fazer da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) a sucessora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Mineiro afirmou que Dilma está “preparadíssima” para suceder Lula, “porque ela é, em muitos aspectos, a responsável pelo sucesso do presidente Lula”. “Ela coordena a área de projetos, coordena o governo. Lula determina as orientações e quem executa é ela”.

O deputado destacou ainda o perfil da ministra como diferencial a favor dela. “Pela história que a Dilma tem, uma mulher de luta, em momentos cruciais da ditadura brasileira não se negou a colocar a própria vida em risco para combater [o regime]. O Brasil ganha muito com o pós-Lula em ser governado por uma mulher, mas uma mulher como a Dilma. Isso é um avanço político civilizatório sem precedentes”, animou-se.

PT quer vaga de candidato a senador * Jornal De Fato


O Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Norte definiu, por meio de resolução, que apresentará um no-me para disputar uma vaga ao Senado (já se dispuseram a enfrentar a disputa os ex-vereadores Hugo Manso e Fernando Lucena). A decisão se deu após a posse do vereador Eraldo Paiva, de São Gonçalo do Amarante, na presidência do diretório estadual petista no último sábado, 6. Também ficou definido que continuarão as conversas em torno da eleição ao Governo do Estado com o vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) e também com o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Nunes Alves (PDT).
A deputada federal Fátima Bezerra (PT) observou que a preferência é de continuidade de aliança com o PSB, mas que se dará prioridade à união de forças, no âmbito local, em torno do grupo ligado à campanha da ministra Dilma Rousseff (PT) à presidência da República."Houve a posse com a presença do vice-governador e do ex-prefeito Carlos Eduardo, marcado por muito entusiasmo. Acho que o crescimento da candidatura da ministra Dilma também está embalando o PT. A pesquisa quando o resultado é bom dá muito estímulo e otimismo", disse.

Em seguida, houve a primeira reunião do novo diretório, quando ocorreu o debate sobre a conjuntura tanto no plano estadual como no nacional. "O PT, como sempre faz, tirou uma resolução, e a novidade foi por exemplo na candidatura ao Senado. O PT agora formaliza que vai apresentar um nome para a disputa do Senado. Essa, inclusive, será uma das condições que nós estabeleceremos quando da nossa participação na aliança majoritária. Tiramos o ex-vereador Hugo Manso e Lucena apresentando os nomes para essa disputa."Uma das condições vai ser que o PT dispute uma das vagas para o Senado. Com isso, está afirmando que quer participar de uma chapa majoritária. Uma outra discussão é que o PT reafirmou a resolução do ano passado mantendo a aliança preferencial com o PSB, mas considera legítima a candidatura do ex-prefeito pelo PDT. "O PT vai se esforçar para que possamos unificar todos no primeiro turno. Se não for possível a questão de termos um palanque já unitário no primeiro turno, evidentemente que vamos dialogar com a realidade que seria ter duas candidaturas", disse a deputada petista.

O PT não bateu o martelo ainda. Isso deverá ocorrer no encontro estadual em abril. A candidatura de Iberê diz respeito ao PSB e a de Carlos ao PDT. Então, se não for possível, a ministra Dilma poderá ter dois palanques no RN. Essas discussões estão em andamento no plano nacional."Eu diria que preferimos aguardar o desfecho dessas negociações. O PT e o presidente Lula continuam empenhados para construir uma candidatura unitária. Nos planos regionais, o PT e a candidatura de Dilma, o ideal é que tenhamos o máximo de unitárias, mas onde não for possível. Eu diria que nós vamos aguardar esse debate porque essas discussões estão em andamento ainda e o próprio vice-governador tem colocado que mesmo que Ciro seja candidato ele apoiaria a candidatura da ministra Dilma."

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Temer reafirma apoio à votação do piso nacional para policiais

Após reunião nesta tarde com o presidente da Câmara, o deputado Paes de Lira (PTC-SP) afirmou que Michel Temer voltou a dizer que pretende colocar logo em votação no Plenário a PEC 300/08, que cria um piso salarial nacional para policiais e bombeiros militares.

Segundo Lira, Temer ressalvou que é preciso apenas definir detalhes técnicos antes de levar a proposta ao Plenário. Paes de Lira espera que ela seja votada até março.

O presidente da Câmara estuda a possibilidade de colocar em votação a PEC 446/09, do Senado, que também prevê a criação de um piso salarial nacional para policiais civis, militares e bombeiros militares. A proposta transforma os salários dessas três categorias em subsídios e estabelece que o piso será fixado em lei federal.

Na semana passada, Temer afirmou que a opção pelo texto já aprovado pelo Senado vai agilizar a aprovação da mudança constitucional, já que, somente em caso de eventuais mudanças feitas pelos deputados, a proposta retornaria ao Senado. Temer disse que sua intenção é analisar as duas propostas conjuntamente para acelerar a análise.

Policiais e bombeiros também participaram do encontro.

Fonte: Agencia Câmara

Temer pauta PEC 300 para março e irrita militares

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), decidiu há pouco marcar para março a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que define o piso salarial de policiais e bombeiros militares. A decisão de Temer irritou representantes da categoria, que participaram de uma reunião com ele esta tarde para pressionar pela aprovação da PEC 300/08, que atrela os salários dos PMs e bombeiros dos estados aos dos colegas do Distrito Federal.

“Não temos mais condições de segurar o movimento”, afirma o deputado Capitão Assumpção (PSB-ES), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Policiais e Bombeiros Militares. Segundo o deputado, a resistência de Temer em votar ainda este mês a PEC 300 deve desencadear uma série de manifestações das categorias nos estados, como aquartelamento e operação padrão, conforme antecipou ontem (8) o Congresso em Foco.

Representantes da categoria estão reunidos neste momento em Brasília para decidir que rumo dar ao movimento. Pela Constituição, militares não podem fazer greve.

Ainda no encontro com os sindicalistas, Temer pediu ao secretário-geral da Câmara, Mozart Vianna, que ajude na construção de um texto que incorpore dispositivos da PEC 300 e da PEC 446/09, do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que estabelece um piso salarial para os policiais de todo o país, inclusive os civis. O presidente da Câmara argumenta que a PEC 300, que contraria governo e oposição, é inconstitucional por criar despesa sem estabelecer fonte de receita para o Executivo. A proposta de Renan, no entanto, enfrenta resistência dos militares por remeter o valor do salário inicial a uma lei a ser preparada pelo Executivo.

Além de atrelar os salários dos PMs e dos bombeiros aos dos militares do Distrito Federal, a PEC 300 define o piso salarial de R$ 4,5 mil para os praças e de R$ 9 mil para os oficiais. “Inicialmente, o Temer disse que votaríamos na primeira semana de fevereiro, agora, adia para março. Do jeito que vai, não será votada. Não podemos aceitar isso”, afirma Capitão Assumpção. A assessoria do presidente da Casa, no entanto, diz que a votação não foi adiada porque, em nenhum momento, o assunto chegou a ser pautado.

Fonte: congresso em foco

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

VEJA FOTOS DO EVENTO DO PT




PT do estado já tem nova direção!

Aconteceu no último sábado dia 06, a posse do novo diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores sob a presidência do vereador de São Gonçalo do Amarante Eraldo Paiva. Além das lideranças Políticas do PT-RN, estiveram presente os dois pre- candidatos ao governo do Estado Iberê Ferreira de Souza e Carlos Eduardo. Durante os discursos todos enfatizaram a importancia da participação do PT nas eleições de 2010. Já a deputada Fátima Bezerra destacou a necessidade de reforçar as alianças com os partidos da base do governo Lula.
A cerimônia teve início as 9h, com um café da manhã no Liceu das Artes (antigo prédio do IFRN, na Avenida Rio Branco) para os petistas potiguares e ainda aconteceu uma comemoração aos 30 anos do PT. Após a posse, a antiga e a nova diretoria petista reúniu-se à tarde para fazer uma análise política do quadro eleitoral e discutir a tática do partido para 2010.
O vereador reafirmou que a prioridade do PT é fazer da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) a sucessora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Isso será levado em conta na hora de definir as alianças estaduais. Logo mais divulgaremos entrevista do novo presidente estadual do PT ao nosso blog, aguardem!!

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Rafael Fernandes sediará O MOVA Brasil em nova fase.




Inspirado no Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA, criado pelo educador Paulo Freire, o Projeto MOVA-Brasil segue no caminho para além das letras e números. Desenvolvido por meio de uma parceria entre Petrobras, Federação Única dos Petroleiros (FUP) e Instituto Paulo Freire (IPF), tem como finalidade promover a dignidade humana garantindo aos indivíduos e às comunidades a oportunidade de reconstruírem seu destino e de conquistarem o direito à cidadania plena e participativa.

As metas dão a dimensão da grandeza do Programa MOVA Brasil (PETROBRAS/FUP/Instituto Paulo Freire) para a fase 2010. Ao todo serão beneficiados 42 municípios com 169 turmas sem distinção de serem ou não áreas localizadas em cidades extratoras de petróleo. As informações acima foram repassadas pela Coordenadora Estadual do MOVA Brasil, professora Eliane Bandeira, durante a solenidade de lançamento da nova fase do programa, ocorrida no último dia 26, na cidade de Assu.

O município de Rafael Fernandes firmou parceria entre a Prefeitura Municipal, o Sindserpran e o Programa MOVA Brasil, de modo que em 2010 a sede do pólo ficará localizada nesta cidade, congregando os municípios de Água Nova, Pau dos Ferros , Itaú e Severiano Melo. A coordenação está sob a responsabilidade de Ana Cristina, da cidade de Água Nova.Ou seja, mais uma conquista em que Rafael Fernandes fica em primeiro lugar e, portanto, é motivo de destaque e comemoração.

Inaugaração da sede do Sinte-RN


A noite da última sexta (o5) marcou mais uma página no crescimento sócio cultural na história de Pau dos Ferros. A nova sede do Sindicato dos professores da rede estadual que foi inaugurada , traz para os sindicalizados uma sede com uma infra estrurura de primeiro mundo. Depois de algumas falas no auditório os convidados foram para a área de lazer, onde aconteceu um coquetel e um show com música ao Vivo. O blog parabeniza o presidente do SINTE o professor Milton Urbano, Pela realização dessa conquista.