quarta-feira, 28 de julho de 2010

Presidente dos Correios é substituído.

BRASÍLIA - O presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, convocou a imprensa há pouco para declarar que o ministro da Comunicações, José Artur Filardi, solicitou sua saída do cargo.

Segundo Custódio, a decisão veio por meio de orientação do Palácio do Planalto. A demissão será formalizada amanhã com a publicação no Diário Oficial da União. Ele informou ainda que seu substituto será David José de Mattos, um técnico do governo.

Custódio afirmou que "sente que cumpriu seu ciclo dentro da empresa" e destacou que foi um dos presidentes dos Correios que ficou mais tempo no cargo "Na história dos Correios, nunca a empresa teve lucro operacional durante quatro anos seguidos", afirmou, ressaltando o trabalho de sua gestão.

Custódio disse ainda que também pôde elaborar um novo plano de atuação da empresa, que infelizmente não foi implementado. O plano previa a modernização da companhia e atuação em novos segmentos.

Para ele, a crise na área de logística da companhia neste ano pode ter contribuído para sua saída. A empresa enfrentou problemas na renovação de contratos com empresas de aviação, o que acabou provocando atrasos nas entregas de encomendas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.