quinta-feira, 24 de junho de 2010

Petistas vibram e Dilma evita comemorar pesquisa

A candidata do PT à Presidência da República Dilma Rousseff não quis fazer comentários sobre a pesquisa CNI/Ibope, segundo a qual se a eleição fosse hoje ela teria no primeiro turno 40% da preferência dos eleitores contra 35% do tucano José Serra. No segundo turno, ela aparece com 45% contra 38% de José Serra.

A página de Dilma na internet limitou-se a reproduzir os resultados da pesquisa e a afirmar que, pelo cenário atual, a tendência é de crescimento da petista e queda do tucano.

Já o presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que o resultado da pesquisa mostra que a campanha está no caminho certo. "Por isso, vamos manter a mesma linha", disse ele.

O secretário de Comunicação do PT, deputado André Vargas (PR), aproveitou o resultado da pesquisa para ironizar a situação de Serra: "Com a grande exposição de mídia (ele apareceu nos programas do PSDB, PPS e DEM), esperança tucana para crescer, Serra perdeu dois pontos e ganhou duas multas".

O ex-presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), fez uma brincadeira com o segundo nome de Dilma, que é Vana, no microblog Twitter: "Os cães ladram e a Cara Vana passa." Ele lembrou ainda que a rejeição da petista hoje é a menor entre os candidatos: 23%, enquanto 30% rejeitam Serra e 29% não votariam em Marina.

A pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje apontou, pela primeira vez, a candidata do PT à frente do candidato tucano, fora da margem de erro de dois pontos. Marina Silva (PV) apareceu com 9%.

Surpresa

Para o presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), o resultado da pesquisa acabou sendo surpreendente. Maia diz que pesquisa nacional feita por encomenda do partido, - não registradas na Justiça Eleitoral e, por isso, não podem ser divulgadas - mostra números diferentes, com uma ligeira vantagem para José Serra sobre Dilma Rousseff.

"Eu respeito a pesquisa feita pelo Ibope, mas temos recebidos números que apontam uma diferença em torno de quatro pontos percentuais a favor de Serra. Inclusive, o levantamento que estamos usando para consumo interno do partido foi concluído no sábado. Ou seja, mostra um quadro atual", alega o dirigente do Democratas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.