segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O Fórum Social Mundial


SOCIEDADE E GOVERNOS: DEBATES E ALTERNATIVAS PARA O MUNDO PÓS-CRISE.

Atores sociais e chefes de estado da América Latina e da África, estiveram juntos em Salvador ( BA) de 29 a 31 de Janeiro, buscando soluções e construindo propostas de lutas e campanhas por um outro mundo possível. Na verdade foi uma grande oportunidade para debater e propor alternativas para um mundo pós-crise, estabelecendo-se- ainda uma ponte entre culturas semelhantes, no caso, Bahia e Dacar, no Senegal, lugar onde acontecerá o fórum em 2011.
O FSM é um espaço de debate democrático de idéias, aprofundamento da reflexão, formulação de propostas, troca de experiências e articulação de movimentos sociais, redes, ONGs e outras organizações da sociedade civil, que se opõem ao neoliberalismo e ao domínio do mundo pelo capital e por qualquer forma de imperialismo. Após o primeiro encontro mundial, realizado em 2001, se concretizou como um processo mundial na de busca pela construção de alternativas às políticas neoliberais.
O FSM se caracteriza também pela pluralidade e pela diversidade, e se propõe a facilitar a articulação, de forma descentralizada e em rede, de entidades e movimentos engajados em ações concretas, do nível local ao internacional, pela construção de um outro mundo.
Este ano a programação do FSM Bahia foi dividida em três dimensões temáticas:
- Fórum de Respostas à Crise - representantes de organizações nacionais e internacionais da sociedade civil encontraram-se para difundir e articular amplamente suas propostas para um outro mundo possível pós-crise;
- Fórum de Diálogos e Controvérsias – em alternativa ao neoliberalismo e ao Fórum Econômico Mundial de Davos, celebrou encontros entre atores sociais e governos da América Latina e da África comprometidos com novas perspectivas econômicas, sociais eambientais;
- Fórum de Culturas Periféricas: de Salvador à Ilha Gorée – em contraposição à diáspora africana, uma celebração das culturas negra e latina e sua difusão planetária. Um encontro cultural rumo a Dakar e ao FSM 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.