sábado, 14 de novembro de 2009

O salário mínimo pode chegar a R$ 510 a partir de 2010.

Já previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2010 no valor de R$ 505,90, o salário mínimo pode ir a R$ 510. O relator-geral do Orçamento, deputado federal Geraldo Magela (PT-DF), evitou falar ontem sobre como decidirá sobre diversas despesas - como as verbas para obras relacionadas à Copa de Futebol em 2014. No caso da revisão do salário mínimo, a informação que circulava na Comissão Mista de Orçamento (CMO) era de que o novo valor chegará a R$ 510,00, o que implica mais gastos para corrigir benefícios da Previdência Social. Não vou anunciar valor para o salário mínimo porque isso ainda depende de acerto com o governo, justificou durante a sessão de aprovação do relatório preliminar do projeto da Lei Orçamentária para 2010. Cerca de R$ 13,3 bilhões devem cobrir as emendas de relator e as despesas indicadas como prioritárias no relatório caso da Lei Kandir, a revisão do salário mínimo acima dos já previstos R$ 505,90 e a complementação para os aposentados com benefício acima do mínimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.