quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Polícia Militar aprova proposta do Governo do Estado



Em assembléia realizada na manhã do dia 13/10 (terça-feira), no clube Tiradentes, os policiais militares aceitaram a proposta do Governo do Estado. O reajuste será parcelado nos meses de fevereiro, março, abril e maio de 2010. O salário base do soldado que atualmente é de R$ 465, passará para R$ 506,24 em maio do próximo ano.


“Aceitamos a proposta e agora vamos lutar pela tramitação urgente da proposta de reajuste. No entanto, a categoria continuará mobilizada para a aprovação do Estatuto dos Militares Estaduais e a criação do Código de Ética. Nosso pleito nunca foi o reajuste salarial, mas a modernização das legislações. Iniciamos hoje a ação de Tolerância Zero, dentro do Movimento Legal, e garantimos que a sociedade não ficará desprotegida, pelo contrário, a polícia estará mais perto do povo”, explica o cabo Jeoás Nascimento dos Santos, presidente da Associação de Cabos e Soldados da PM/RN.


As próximas reivindicações serão a criação do Código de Ética e Disciplina, que está em fase de conclusão e de envio para a Assembleia Legislativa, e pela aprovação do Estatuto dos Militares Estaduais está sendo analisado por uma comissão formada pelo Comando da Polícia Militar e os representantes das entidades representativas dos policiais e bombeiros militares.

As entidades que participam da comissão são: Associação de Cabos e Soldados da PM/RN, Associação de Subtenentes e Sargentos da PM/RN, Associação dos Bombeiros Militares, Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Seridó, Associação dos Praças de Nova Cruz, Associação dos Praças de Mossoró e Associação dos Policiais Inativos e Pensionistas da PM/RN. O estatuto deverá ser encaminhado para a Assembléia Legislativa em até 180 dias.

Ainda de acordo com o Cb. Jeoás, a categoria vai se mobilizar pela luta das campanhas nacionais em prol da aprovação da PEC 300, no Congresso Nacional, e da campanha de desmilitarização.



http://www.nominuto.com/noticias/policia/pms-aprovam-acordo-salarial-com-governo/39916/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.