quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Mesmo com aprovação da DRU, Campus da Ufersa de Pau dos Ferros, ainda é dúvida.

Hoje, provavelmente, será aprovada em segunda votação na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê o fim da Desvinculação de Receita da União (DRU) para a Educação, o que significa dizer que o Ministério da Educação terá R$ 4 bilhões a mais para investir em Educação já em 2009, R$ 7,5 bilhões em 2010 e R$ 10,5 bilhões em 2011.


A proposta já foi aprovada no Congresso e passou em primeira votação na Câmara no dia 16, com 329 votos a favor e 82 contra. Caso seja aprovada hoje, a PEC segue direto para sansão do presidente Luis Inácio Lula da Silva, aumentando significativamente os recursos para Educação no País. O aumento de receita da Educação terá efeito no Oeste do Rio Grande do Norte.

Com a aprovação, aumentam as esperanças do município de Pau dos Ferros sediar o terceiro Campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) no Estado, conforme o ministro Fernando Haddad se comprometeu no dia 26 de agosto em Brasília em reunião com o prefeito Leonardo Rêgo, representantes da siciedade civil pauferrense e nove parlamentares da Bancada Federal do Rio Grande do Norte.

Mas, de acordo com o deputado federal Rogério Marinho, Relator da PEC, o Ministro parece já ter mudado de idéia e o campus de Pau dos Ferros volta a ficar somente nos sonhos dos idealizadores.

Rogério Marinho, disse ao jornalista César Santos, do Jornal de Fato, que havia conversado com o ministro logo após a aprovação da DRU no dia 16 e este havia lhe garantido que o Campus de Caraúbas estava tudo certo e o de Pau dos Ferros eles iriam ver depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.